Dodge contra o Escola Sem Partido | Fábio Campana

Dodge contra o Escola Sem Partido

Em seu último dia na PGR, Raquel Dodge apresentou nova ação ao Supremo que busca suspender toda e qualquer norma que promova “vigilância e censura” sobre professores.

O alvo são leis municipais e estaduais inspiradas no movimento Escola Sem Partido que proíbem doutrinação política e ideológica sobre alunos de ensino fundamental e médio.

Escreveu na ação que leis do tipo implicam em “restrição desproporcional à liberdade de expressão docente, revelando-se como uma medida excessiva e desnecessária para tutelar a liberdade de consciência dos alunos”.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*