Banco nega operação atípica apontada pelo Coaf de investigado na 'Zelotes' | Fábio Campana

Banco nega operação atípica apontada pelo Coaf de investigado na ‘Zelotes’

Um ofício do banco Bradesco sobre a conta corrente de um investigado na Operação Zelotes afirma que uma movimentação atípica apontada pelo antigo Coaf, atual Unidade de Inteligência Financeira (UIF), nunca existiu. O Coaf registrou a operação atípica de R$ 2,8 milhões, em maio de 2005, numa conta da empresa SBS Consultoria Empresarial mantida no Bradesco. A empresa pertence a Jorge Victor Rodrigues, ex-conselheiro do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Financeiros), que é réu em cinco ações penais da Zelotes, sob acusações de corrupção ativa ou corrupção passiva, a depender do caso. As informações são d’ O Globo.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*