Procuradora da Lava-Jato pede desculpas a Lula em rede social | Fábio Campana

Procuradora da Lava-Jato pede desculpas a Lula em rede social

A procuradora da força-tarefa da Lava-Jato de Curitiba Jerusa Viecili pediu desculpas ao ex-presidente Lula em sua conta no Twitter. “Errei. E minha consciência me leva a fazer o correto: pedir desculpas à pessoa diretamente afetada, o ex-presidente Lula”, publicou.

Jerusa é uma das integrantes da força-tarefa de Curitiba citada na reportagem do portal “Uol” que mostra que procuradores de Curitiba ironizaram a morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia e os pedidos do ex-presidente Lula para ir ao enterro de familiares durante sua prisão.


7 comentários

  1. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 29 de agosto de 2019 – 9:44 hs

    Pior o marido dela, que a corneava com Rose Noronha e penca de biscates. E só faltou trepar no caixão dela para fazer comício. Transformou o velório em palanque.

  2. Maicon Oliveira
    quinta-feira, 29 de agosto de 2019 – 9:58 hs

    Ou seja, as mensagens são verdadeiras…

  3. Palpiteiro
    quinta-feira, 29 de agosto de 2019 – 10:04 hs

    Não basta admitir o erro. Tem que pagar pelo erro, como aqueles que eles acusaram e enjaularam. Essa turma é vomitória e ignominiosa.

  4. TARZAN
    quinta-feira, 29 de agosto de 2019 – 17:11 hs

    É o fim da picada, procuradora pedir desculpas pro chefe da ORCRIM.

  5. César Alberto Coutinho
    quinta-feira, 29 de agosto de 2019 – 17:46 hs

    Para que pedir desculpa a um presidiário, criminoso, de alta periculosidade, quase ferrou um país inteiro. Pro inferno pedir desculpa a este lixo humano.

  6. ESTAMOS DE OLHO
    sexta-feira, 30 de agosto de 2019 – 9:59 hs

    para que pedir desculpa senhora procuradora ,se fosse
    dirigidas a uma figura de respeito e conduta ilibada mas
    para um condenado e chefe de uma orcrim ,nao precisa.

  7. SERGIO SILVESTRE
    sexta-feira, 30 de agosto de 2019 – 11:01 hs

    Sujeito escroto que hoje sempre teve o PT associado ao PCC, não merece nenhum respeito.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*