Pedágio da BR-277 pode ficar mais barato | Fábio Campana

Pedágio da BR-277 pode ficar mais barato

A força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná informou, nesta segunda-feira (12), que fechou acordo de leniência com a Ecorodovias S.A., controladora das concessionárias Ecovia e Ecocataratas. As empresas são responsáveis por trechos da BR-277, tanto na ligação de Curitiba com o Litoral do Paraná, como entre Guarapuava e Foz do Iguaçu. As informações são da Gazeta do Povo.

O acordo, baseado no reconhecimento de que irregularidades foram praticadas, envolve o pagamento de R$ 400 milhões – parte desse dinheiro será aplicado na redução das tarifas de pedágio em 30% durante um ano, ao menos. Durante a Operação Integração, fase da Lava Jato que apura corrupção na gestão dos contratos de pedágio do Paraná, a empresa reconheceu o pagamento de propinas para conseguir aditivos contratuais que levaram ao aumento de preços e/ou à redução nas obrigações, como retiradas de obras.

Do total a ser pago, R$ 30 milhões são destinados para a multa. Os R$ 370 milhões serão aplicados na reparação de danos, dos quais R$ 220 milhões serão utilizados para reduzir em 30% a tarifa de todas as praças de pedágio operadas pela Ecorodovias. A medida começará a valer 30 dias depois que o acordo de leniência for homologado pela Justiça.

Os outros R$ 150 milhões serão destinados à realização de obras nas rodovias. A escolha dos projetos a serem executados ficará a cargo do governo estadual. De acordo com um fato relevante divulgado pelas concessionárias, a Ecovia deve arcar com R$ 20 milhões de obras e R$ 100 milhões de redução tarifária; e a Ecocataratas pagará R$ 130 milhões de obras e R$ 120 milhões de redução tarifária.

A negociação segue os moldes de outro acordo de leniência, firmado com a Rodonorte. Em março, a concessionária concordou em pagar R$ 750 milhões (divididos entre multa, realização de obras e redução de tarifa). Em abril, os valores praticados nas sete praças de pedágio passou a ser 30% menor. A Gazeta do Povo fez uma estimativa da diminuição dos preços com o novo acordo. No caso da Ecovia, o valor para carros deve sair de R$ 20,90 para R$ 14,63 (a tarifa deve ser arrendondada). Nas cinco praças da Ecocataratas, os preços para automóveis variam atualmente entre R$ 12,50 e R$ 16,40 e a estimativa é de redução para valores na faixa entre R$ 8,75 a R$ 11,48.


7 comentários

  1. Paulão
    terça-feira, 13 de agosto de 2019 – 10:16 hs

    Os governos do Beto Richa foram os mais sacanas para o povo em toda história do Paraná.Havia esquemas com concessionárias, empreiteiras e extorsão de empresários pela Receita Estadual, com o objetivo de encher os bolsos do dito cujo. É por estas e outras razões que o ex governador deve passar o resto de sua vida dentro de uma cela de prisão.

  2. Said Hamud
    terça-feira, 13 de agosto de 2019 – 23:07 hs

    E o povo como sempre sendo roubado, sacaneado pra ter que tapar o buraco desses safados ladrões

  3. Sérgio Roberto
    quarta-feira, 14 de agosto de 2019 – 2:59 hs

    Concordo com o colega acima. O governo do Paraná na gestão desse safado foi só de corrupção. No gestão desse crápula perdemos a BMW de montar a empresa aqui no Paraná em específico em SJP, pois não ter incentivos fiscais. Ela acabou montando em uma pequena cidade do estado de SC.

  4. SERGIO SILVESTRE
    quarta-feira, 14 de agosto de 2019 – 19:36 hs

    Para mim não influi pois an do de bicicleta.

  5. Marcio
    quarta-feira, 14 de agosto de 2019 – 22:35 hs

    Porquê não cita agora o ex governador Requião, pelos anos de briga contra as concessionárias e, covardia q a imprensa e a justiça lhe impôs.

  6. Anair de Farias da Silva
    quinta-feira, 15 de agosto de 2019 – 8:49 hs

    Espero que essa baixa seja para ontem pq já fazem 4 meses que vou 2 vezes por dia para Curitiba tds as vezes tenho que pagar o pedágio não sei até quando vamos assim pq estou com o meu esposo na UTI.

  7. SERGIO SILVESTRE
    quinta-feira, 15 de agosto de 2019 – 10:23 hs

    Baixa ou acaba como disse Requião. Acho que não baixa. Acaba ficando na mesma.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*