Juiz acata pedido da defesa de Deltan Dallagnol e retira o julgamento | Fábio Campana

Juiz acata pedido da defesa de Deltan Dallagnol e retira o julgamento

O juiz Nivaldo Brunoni, da Justiça Federal do Paraná, determinou que o Conselho Nacional do Ministério Público retire da pauta de julgamentos procedimento administrativo contra o procurador Deltan Dallagnol que seria analisado nesta terça (27). As informações são da Folha de S.Paulo.

Ele acatou argumento da defesa do chefe da forca-tarefa de Curitiba, que disse não ter tido tempo de elaborar suas alegações finais.

Brunoni é descrito na mídia local como amigo do ex-juiz Sergio Moro e atuou em casos da Lava Jato. Foi dele a ordem de execução da sentença do ex-presidente Lula, por exemplo.

Na ação, os advogados de Deltan dizem que o procurador mudou sua banca de defesa e que os novos contratados não tiveram tempo de produzir as alegações finais dele no processo.

No procedimento em questão, Deltan responde por ter, em entrevista à rádio CBN, atacado sem nominar os ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski, todos do STF.

“Há claro prejuízo à ampla defesa e ao contraditório do processado [Dallagnol], que deixou de apresentar alegações finais porque o advogado originalmente constituído renunciou/substabeleceu, no interregno do prazo que escoava, os poderes que lhe foram atribuídos, dificultando a ação de seus sucessores – que, por sua vez, não tiveram tempo hábil para, nas horas que remanesciam, analisar os conteúdos do PAD e formular os argumentos defensivos”, diz o juiz.

Ele decidiu a favor de Deltan no plantão do Judiciário.


4 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 26 de agosto de 2019 – 14:39 hs

    Este é mais um motivo para sanção integral da lei de abuso de autoridade. Ninguém nunca é punido entre os intocáveis.

  2. xiru de palmas
    segunda-feira, 26 de agosto de 2019 – 19:36 hs

    Concordo plenamente Dr Prolegômeno

  3. BENEDITO MACIEL DE GOES
    terça-feira, 27 de agosto de 2019 – 8:52 hs

    Já vi este filme uma vez aqui em Londrina no GAECO. Parece que vou ver o reprise.

  4. terça-feira, 27 de agosto de 2019 – 9:27 hs

    Diz a lenda que macaco enrola o rabo, senta em cima e fala dos outros o que não deveria.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*