Em ofício a Guedes, ministro da Educação escreve 'paralisação' com 'z' | Fábio Campana

Em ofício a Guedes, ministro da Educação escreve ‘paralisação’ com ‘z’

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, escreveu duas vezes a palavra “paralisação” usando a letra “z” em ofício endereçado ao ministro da Economia, Paulo Guedes. No documento, Weintraub alerta que os recursos previstos para o ministério em 2020 são insuficientes para a prestação de serviços públicos, como a compra de livros escolares, e podem levar à interrupção das atividades em universidades públicas. Procurado pela reportagem, o MEC não quis se manifestar. As informações são do Estadão.

Confira o ofício no Leia Mais.


9 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 30 de agosto de 2019 – 12:28 hs

    É um governo de uma gente ilustradíssima. O ministro da educação escreve “paralização” e o ministro da justiça fala “cônje”. Uma turma do barulho.

  2. Rogerio
    sexta-feira, 30 de agosto de 2019 – 16:47 hs

    Os esquerdista se implicando por causa de uma letra, mas quando o PT e asseclas desviaram bilhões dos cofres públicos, Postalis, Petrobras, Previ, BNDES, Funcef, estava tudo bem, ninguém viu nada, nem Coaf, MPF, e o stf, puxadinho do pt, toda semana julgando recursos do omi mais onesto du brasiuu, o nove dedos lularapio. VSFD

  3. Edson Luiz
    sexta-feira, 30 de agosto de 2019 – 18:23 hs

    Aplausos… aplausos…mais aplausos!

  4. POVO BRASILEIRO
    sábado, 31 de agosto de 2019 – 9:10 hs

    Para este governo que até o momento não disse para que veio, ou melhor, veio para acobertar maracutaia de um filho e acertar a vida de outro, estes Ministros estão bom demais.

  5. FUI !!!
    sábado, 31 de agosto de 2019 – 10:02 hs

    Enquanto tantos “ilustres” eleitores do sapo barbudo gaguejam por aqui esqueceram que o ex Presidente é analfabeto total e a Dilmanta uma estocadora de ventos. É bom parar !!!

  6. Robert Steing
    sábado, 31 de agosto de 2019 – 10:02 hs

    Na verdade quem deve ter feito o oficio foi a secretária e o ministro apenas assinou sem se atentar pelo erro. Quanto ao vulgo doutor prolegômetro, lula tá preso babaca! É melhor ter erros de portugues ( que é uma lingua bem difícil ) do que falar bonito e roubar descaradamente como é a sua turma do barulho.

  7. Rogério
    sábado, 31 de agosto de 2019 – 12:57 hs

    Phuta que o pariu, os esquerdopatas ficaram 13 anos saqueando os cofres públicos e ninguém viu nada, agora uma letra errada num ofício, estão fazendo festa, quanto aos desvios, BNDES, postalis, Funcef,previ , Petrobras, fora que ainda não apareceu, sem esquecer a pátria educadora da estocadora de vento, Muié sapiens. Se existisse justiça nessa republiqueta, este partido deveria ser banido .

  8. ralfo bolsonaro bueno penteado
    domingo, 1 de setembro de 2019 – 10:53 hs

    🐊rau rau rau povo desqualificado. E isto aí é O MELHOR presente. Será que é da turma (90%) que fala “LHE” `a segunda pessoa do singular? Será que pode motivar “nossos” jornistas a falar o português ? Será da turma do a GENTE vai ?

  9. mariana
    domingo, 1 de setembro de 2019 – 21:49 hs

    Quando o condenado nove dedos dizia “menas laranjas” não dava tanta manchete! Escrever ou dizer uma palavra errada é mais grave que saquear e quebrar um país inteiro! Vão rachar uma lenha!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*