Bolsonaro ataca comunistas | Fábio Campana

Bolsonaro ataca comunistas

É preocupante a escalada obscurantista de Jair Bolsonaro, presidente da República. Em linguagem sempre chula, ele desfila preconceitos de toda a ordem em baixo calão. Revela o que pensa e isso atenta contra a consciência de qualquer cidadão com inspiração democrática. Agora seu alvo são os comunistas, que ele execra. Grotesco. Terrorífico.


9 comentários

  1. André Antares
    quinta-feira, 15 de agosto de 2019 – 18:43 hs

    O melhor Presidente que o Brasil já teve … sem nenhuma dúvida. Não tem dinheiro pra blog, para a mídia marrom. Acabou a teta …

  2. quinta-feira, 15 de agosto de 2019 – 19:18 hs

    Fala demais por não ter nada a dizer…

  3. Antonio
    quinta-feira, 15 de agosto de 2019 – 20:43 hs

    Corretíssimo!! Não falou nada demais!

  4. Jose lll
    quinta-feira, 15 de agosto de 2019 – 22:38 hs

    O que e comunista? Onde ele existe no planeta? Brasileiro de todas as classes sociais, gosta mesmo e de samba, suor e cerveja. Em pleno seculo 21 amedrontar o povo sobre comunismo, me leva ao tempo que meu avô falava do lobo mau, e do chapeuzinho vermelho. Sera que não tem vaga para Marqueteiro no planalto Central. …

  5. JM
    sexta-feira, 16 de agosto de 2019 – 9:11 hs

    Elegeram agora aguentem esse i…….,

  6. Yuri
    sexta-feira, 16 de agosto de 2019 – 10:19 hs

    Perfeito!!!!!!

  7. JOSE
    sexta-feira, 16 de agosto de 2019 – 11:11 hs

    o bolsonaro está certo, estavam acostumado com a teta, bezerro desmamado, berra muito mesmo.

  8. SERGIO SILVESTRE
    domingo, 18 de agosto de 2019 – 13:19 hs

    Voto nele nas próximas eleições.

  9. Freddy Kruger
    segunda-feira, 19 de agosto de 2019 – 11:27 hs

    O pior é que não inventou nem mentiu. O comunismo não se deu bem em lugar nenhum, só ajudou a criar ditadores e roubar o povo, temos dezenas de exemplos negativos no mundo. Com o PT o Brasil estava no mesmo caminho. Felizmente os brasileiros acordaram, mas já sofremos os seus efeitos negativos por algum tempo. estávamos prestes a se tornar uma segunda Venezuela.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*