STF determina suspensão de investigação contra Flávio Bolsonaro | Fábio Campana

STF determina suspensão de investigação contra Flávio Bolsonaro

O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal, suspendeu todas as investigações a respeito do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e seu ex-assessor Fabrício Queirox baseadas no compartilhamento de dados bancários e fiscais com o Ministério Público sem autorização do Poder Judiciário. As informações são da Veja.

A decisão, tomada no curso de um Recurso Extraordinário que corre em segredo de Justiça vale em todo o país para qualquer pessoa investigada na mesma situação do senador.

O senador passou a ser investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro após um monitoramento do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) que identificou movimentações atípicas na conta de se ex-assessor enquanto Flávio Bolsonaro era deputado estadual no Rio de Janeiro.

Suspeito de ser o operador do esquema conhecido como “rachadinha”, Queiroz trabalhou no gabinete de Flávio na Alerj de 2007 a 2018. Ao longo de 2016, o ex-assessor movimentou 1,2 milhão de reais em sua conta bancária, com uma série de saques e depósitos fracionados considerados atípicos pelo Coaf.


4 comentários

  1. Jose lll
    terça-feira, 16 de julho de 2019 – 14:59 hs

    Vale pra qualquer pessoa investigada no Brasil “SIC”exceto petista. Ok

  2. Chicão
    terça-feira, 16 de julho de 2019 – 16:05 hs

    A mesma novela de sempre, isto é; com o Aécio, Serra, Temer, Alckmin e agora Flávio Bolsonaro. E depois dizem que não há perseguição politica.

  3. terça-feira, 16 de julho de 2019 – 18:04 hs

    kkkkk.
    Me Tira o TUBO! ..

  4. Joel
    quarta-feira, 17 de julho de 2019 – 1:09 hs

    Ele suspendeu a “investigação” de Flávio para poder também usar o pretexto para ajudar Verdevaldo e muitos outros bandidos por causa do Coaf!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*