Para Bolsonaro, Glenn cometeu crime | Fábio Campana

Para Bolsonaro, Glenn cometeu crime

O porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, explicou que a opinião de Jair Bolsonaro de que o jornalista Glenn Greenwald cometeu um “crime” é um “entendimento pessoal”. É a segunda vez no dia que o governo saca a carta da “versão” do presidente de um fato. Em uma live na tarde desta segunda-feira, 29, Bolsonaro disse que “na sua versão” o pai de Felipe Santa Cruz, atual presidente da OAB, foi assassinado por companheiros seus da militância de esquerda durante a ditadura e não pelos militares. As informações são do Estadão.


3 comentários

  1. Ademir
    terça-feira, 30 de julho de 2019 – 1:19 hs

    E não cometeu? Invasor comunista adorador de presidiário!

  2. SERGIO SILVESTRE
    terça-feira, 30 de julho de 2019 – 7:39 hs

    Esse governo não come castanha no Natal,ou esse Brasil,governado por um “demente”vai a bancarrota.

  3. Jorge Hardt Filho
    terça-feira, 30 de julho de 2019 – 19:00 hs

    SS continua o mesmo

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*