"Nada justifica esse tipo de ação", diz Marchese sobre ocupação na ALEP | Fábio Campana

“Nada justifica esse tipo de ação”, diz Marchese sobre ocupação na ALEP

No Facebook, o deputado estadual Homero Marchese falou sobre o clima nos corredores da Assembleia Legislativa – que foi ocupada por servidores nesta terça-feira.

Sai às 20h da Assembleia Legislativa. Cerca de trezentos sindicalistas e manifestantes do serviço público estadual se recusavam a deixar as galerias do plenário, onde estavam desde a tarde, protestando pelo pagamento dos últimos reajustes anuais (o governo diz que o orçamento do Estado não comporta reajuste superior a 0,5% no final do ano e 1,5% no início de 2020).

O terceiro andar do prédio, onde funciona a Comissão de Constituição e Justiça, foi invadido por um número incerto de manifestantes, que ali permaneciam de portas fechadas. Centenas de policiais foram chamados e acompanhavam a movimentação .

De um certo modo, é uma velha cena que se repete na Assembleia. E, convenhamos, não é algo que se planeja de uma hora pra outra..

O direito à manifestação existe (especialmente porque o governo parece falhar ao se comunicar sobre esse assunto), mas nada justifica esse tipo de ação. Na sessão de hoje à tarde, manifestantes vaiaram até mesmo uma oração realizada por um pastor, por verem nisso algum tipo de ação política


5 comentários

  1. Graziane weyh
    quarta-feira, 10 de julho de 2019 – 1:49 hs

    Quer fazer oração que faça, na casa dele, no gabinete dele. Desrespeito é fazer este tipo de atitude quando se tem coisas importantes a serem debatidas e dias atipicos como do dia 09/07. Portanto, não queira jogar a culpa , mais uma vez , nas costas do funcionalismo. E outra, ALEP é a casa do povo. Ninguém invadio nada, até porque os portões e as portas estavam abertas. A casa do povo foi ocupada pelo povo! Tenha vergonha na cara e não seja um Pinóquio! Aliás, tome vergonha na cara e seja contra a PLC 04/2019 . Estimas.

  2. Professora de Maringá
    quarta-feira, 10 de julho de 2019 – 9:09 hs

    Nada justifica, deputado Marchese, o absoluto descaso do governador Ratinho com a gestão do Paraná. Sem planejamento, sem visão de futuro e gastando o dinheiro arrecadado pelos impostos com uma legião de cabos eleitorais, a maioria semi-analfabetos, premiados com gordos cargos em comissão. Nada justifica, também, que o senhor não seja capaz de enxergar este desgoverno, que premia a ineficiência e a gastança em detrimento do serviço público de qualidade. A resposta dos professores e alunos virá nas urnas!

  3. Yuri
    quarta-feira, 10 de julho de 2019 – 9:11 hs

    A Assembléia foi invadida???? Como assim???? Se a casa é do povo, não houve invasão. A coisa está feia???? O caos irá se instalar???? Quando acontecer chamem o Poder Judiciário e o Ministério Público, os únicos SERVIDORES PÚBLICOS verdadeiramente privilegiados que o Governo bajula e tudo da.

  4. Servidor Público
    quarta-feira, 10 de julho de 2019 – 10:34 hs

    Nada justifica o deputado ignorar o desgoverno do senhor Ratinho, esbanjando recursos públicos com cabos eleitorais comissionados e negando reposição da inflação para professores e agentes de saúde. O Paraná não merece isso! Abra o olho deputado!

  5. Félix Miguel Fleituch dos Sant
    quarta-feira, 10 de julho de 2019 – 19:18 hs

    As negociações estão sendo feitas a meses e o governo estadual apresenta uma proposta indecorosa. O nobre deputado nao ganha salário de servidor. Isso é vergonhoso os servidores públicos do Paraná estão desesperados.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*