Estado vai contratar 6 mil servidores por concurso | Fábio Campana

Estado vai contratar 6 mil servidores por concurso

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta quarta-feira (3) que o Governo do Paraná vai preparar novos concursos públicos para contratar mais servidores para atuarem em diversas áreas da administração pública estadual.

A proposta apresentada pelo governador prevê a contratação de 2.560 policiais militares, 400 policiais civis (incluindo 50 delegados, 50 papiloscopistas e investigadores), 96 peritos e médicos para a Polícia Científica, 1.269 agentes de cadeia para o sistema prisional, 400 profissionais para Secretaria da Saúde, 80 para a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) e 988 professores.

Também foram previstos concursos para contratação de servidores para o Quadro Próprio do Poder Executivo (QPPE), que inclui profissionais para a Administração Direta, para o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) e para o Teatro Guaíra.

De acordo com a Secretaria da Administração e Previdência, o Estado tem atualmente 134.347 servidores efetivos, 32.059 servidores temporários e 2.241 comissionados, que não têm vínculo com o Estado.

PERÍCIA – O governo ainda instituiu oito polos de perícia médica no interior do Estado, em Paranavaí, Apucarana, Cascavel, Campo Mourão, Cianorte, União da Vitória, Jacarezinho e Paranaguá. Serão licitadas clínicas com médicos do trabalho. O processo está sob análise da Procuradoria-Geral do Estado e em breve segue para a Secretaria de Administração e da Previdência para efetivação.

CONDIÇÕES – Para cumprir a agenda de reajuste e novas contratações, sem ultrapassar o limite com as despesas de pessoal ativo e inativo imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal, o Estado prevê o fim da licença prêmio. Serão preservadas as licenças já adquiridas e instituído um programa para indenizar ou assegurar o usufruto destas.


9 comentários

  1. Intruso
    quinta-feira, 4 de julho de 2019 – 11:17 hs

    Mais tecnologia, mais inteligência c gestão eficiente + estagiários e menos servidores públicos.

  2. Ricardo
    quinta-feira, 4 de julho de 2019 – 11:22 hs

    Ué, não bate no mesmo limite prudencial que esbarra o reajuste??? Dois pesos duas medidas???

  3. Larry de Camargo Vianna Nascim
    quinta-feira, 4 de julho de 2019 – 12:03 hs

    Fala sério seu rato. E o nosso aumento?

  4. Nelson Botogoski Cavalcante
    quinta-feira, 4 de julho de 2019 – 15:01 hs

    quando abre os concursos? sou funcionário público aposentado da Policia Civil do Quadro Geral, estou interessado em voltar ao Estado.

  5. xiru de palmas
    quinta-feira, 4 de julho de 2019 – 15:31 hs

    É imcompreensível, não consegue pagar a data base dos funcionários já concursados mas quer aumentar o número deles

  6. JM
    quinta-feira, 4 de julho de 2019 – 16:13 hs

    Jornal das 7h30minutos, RIC TV, jornalista apresentador do jornal, procure saber mais sobre os servidores do estado, estamos sem reajuste, já a quatro anos, nem mesmo a reposição obrigatória por Lei foi concedida aos servidores..

  7. adallberto
    quinta-feira, 4 de julho de 2019 – 18:45 hs

    Contratar 6000 mil funcionários, se não paga a data base que é direito dos funcionários que ja existe, vai contratar mais gente pra não pagar, adianta alguma coisa pelo amor de Deus. pergunta pra qualquer empresário, se ele não esta dando conta da folha de pagamento, ele contrataria outro funcionário? É muita incoerência.

  8. Genildo
    quinta-feira, 4 de julho de 2019 – 19:47 hs

    Vai contratar ninguém não, só mais um estelionato do rato (minusculo mesmo), vai tomar dinheiro das inscrições e não vai nomear ninguém.

  9. quinta-feira, 11 de julho de 2019 – 20:30 hs

    Concurso servidor quero fazer

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*