Judiciário quer reajuste de 4,94%. Ratinho Jr pede cautela | Fábio Campana

Judiciário quer reajuste de 4,94%. Ratinho Jr pede cautela

O governador Ratinho Jr vai pedir à Assembleia Legislativa que avalie com cautela o projeto de lei encaminhado pelo Tribunal de Justiça concedendo reajuste de 4,94% para os servidores do Poder Judiciário. O governador Ratinho Jr está preocupadíssimo com o aumento das despesas neste momento em que a União não faz os repasses devidos e reduz o Orçamento do Estado. Ele pede cautela. “Havendo dificuldade no Judiciário, a dificuldade é para todos os poderes, pois quem faz o repasse é o poder Executivo”, afirmou.Diz que o projeto do TJ coloca em xeque as negociações que o Poder Executivo está fazendo com o funcionalismo. E que é preciso segurar as pressões e aguardar que o pior momento da economia esteja superado.


5 comentários

  1. Benedito Maciel de Góes
    quinta-feira, 13 de junho de 2019 – 18:30 hs

    O reajuste do judiciário sairá de qualquer jeito. Não se iluda não SR. governador. Todo ano a mesma novela. O exejudiciario acaba conseguindo o seu reajuste e o executivo que é quem paga acaba a ficar a ver navios.

  2. PitBull
    quinta-feira, 13 de junho de 2019 – 21:15 hs

    Quem quer apostar que vão conseguir o reajuste ?
    Já o pessoal do executivo vão continuar amargando a penúria.

  3. altair bozza da silva
    sexta-feira, 14 de junho de 2019 – 12:01 hs

    O servidor do Poder Executivo continuará bancando os altos salários dos poderes com força de pressão. Ratinho não vai bater de frente com os Juízes, sabendo que la na frente pode arrumar chifre em cabeça de cavalo.Conclusão: Arrochará com mão de ferro, os mais humildes para saciar a fome daqueles que por sinal recebem além de altos salários, o famigerado AUXILIO MORADIA… pobre que se foda.

  4. Alicia Silverstone
    sexta-feira, 14 de junho de 2019 – 12:07 hs

    Ele obedece porque deve bahhhhh kkkkkkkk

  5. EU
    sexta-feira, 14 de junho de 2019 – 12:12 hs

    Faltam culhões ao camundongo júnior para negar o aumento salarial ao judiciário. Mas lhe sobra um enorme telhado de vidro potencialmente perigoso perante a justiça.
    O aumento do pessoal do judiciário, ministério público, assembléia e tribunal (faz) de contas sairá com certeza! A turma que ganha bem e ainda tem auxílio moradia, vale alimentação , auxílio combustível, auxílio paletó e etc.
    Quanto ao reajuste (perdas salarias por conta da inflação acumulada há quatro anos) dos Servidores do Executivo, aqueles que de fato fazem a máquina pública funcionar mas ganham os piores salários, podem esquecer!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*