CPI da JMK realiza primeiras oitivas na terça-feira | Fábio Campana

CPI da JMK realiza primeiras oitivas na terça-feira

Proposta e presidida pelo deputado Soldado Fruet (PROS), a CPI da JMK volta a se reunir na terça-feira (25), às 9h, na sala de reuniões do 3º andar do prédio administrativo da Assembleia Legislativa. A CPI investiga os contratos do Governo do Paraná com a empresa responsável pela manutenção e gestão de frotas de veículos oficiais do Governo do Paraná.

Os delegados Alan Flore e Guilherme Dias, da Divisão de Combate à Corrupção, foram convidados para prestar os primeiros depoimentos. De acordo com a Polícia Civil, os responsáveis pela JMK teriam estabelecido uma sistemática que envolvia a falsificação e adulteração de orçamentos de oficinas mecânicas para onerar o valor do serviço prestado. Os superfaturamentos chegavam a 2.450%.

Segundo a investigação policial, o prejuízo aos cofres públicos é estimado em mais de R$ 125 milhões. Há suspeitas de que as atividades criminosas aconteciam desde o início da execução do contrato, em junho de 2015.

CRONOGRAMA – Os trabalhos da CPI da JMK têm duração regimental prevista de 120 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 60. A comissão foi instalada no último dia 4 de junho e na reunião do último dia 12 foi definido o plano de trabalho, com aprovação dos primeiros requerimentos. Os documentos solicitados já começaram a ser analisados pela equipe técnica da CPI. As próximas reuniões já estão marcadas para os dias 2, 9 e 16 de julho, às 9h.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*