Oriovisto ataca Maia | Fábio Campana

Oriovisto ataca Maia

“Estou me sentindo simplesmente um espectador. Todo o protagonismo está na Câmara dos Deputados. O Senado está sendo simplesmente um observador dos fatos. Não participa. Nenhum senador pôde participar de reforma da Previdência. O senhor [a Alcolumbre] é mais que presidente do Senado, é presidente do Congresso. A sua postura de enfrentar essa morosidade e esse desrespeito que o presidente Rodrigo Maia tem para com o Senado é fundamental (…) Um homem que teve 74 mil votos para se eleger como deputado federal não pode comandar a República e desrespeitar 81 senadores que na sua maioria tiveram milhões de votos”

do Senador Oriovisto Guimarães.


9 comentários

  1. Marcos Pinheiro
    sábado, 25 de maio de 2019 – 9:21 hs

    Esse nosso Senador ainda é estagiário mesmo.Espero que não seja mais uma decepção para os Paranaenses.

  2. Rogério
    sábado, 25 de maio de 2019 – 9:39 hs

    Vergonha para o país, o cara denunciado por corrupção,pela Odebrecht,agora pelo dono da empresa Gol, o.minimo que se espera, que afastasse o mequetrefe até o fim das investigacoes, mas como o Brasil está anos luz , de ser um país minimamente sério, o povo gado vai continuar votando nesses canalhas, que só legislam para se auto protegerem e ficarem mais ricos com a corrupção. Cadê o projeto das dez medidas contra a corrupção, e o fim do foro priveligiado que já foi aprovado no senado federal no ano passado.

  3. VISIONÁRIO
    sábado, 25 de maio de 2019 – 10:47 hs

    É com grande satisfação que vejo os diversos depoimentos do Senador Oriovisto. O falso “status” que existe entre os poderes é um verdadeiro nojo. Ninguem se entende e acima de tudo respeita e faz andar os projetos para frente…

  4. Veredicto
    sábado, 25 de maio de 2019 – 10:51 hs

    Excelente senador, coloque este piá irresponsável no lugar dele. Este deputado está se valendo de um direito que a Constituição não lhe concede. Quem manda neste País são os brasileiros, quem comanda os brasileiros é o Presidente da República.Os brasileiros esperam dos senadores, do judiciário e também dos deputados racionais, medidas urgentes que evitem que o País se transforme numa Venezuela como querem os opositores de Bolsonaro, que no lugar de políticas que ajudem a tirar o país do atoleiro que os governos anteriores deixaram, dos quais mutos fizeram parte, querem aproveitar a pouca experiencia do presidente para extorquir. Não somente o Paraná está com o senhor Senador, mas com certeza todos os brasileiros do bem.

  5. Adelino
    sábado, 25 de maio de 2019 – 11:18 hs

    Infelizmente o senado virou um puxadinho da do ditador Maia nhonho. Quem mandou votar no Alcolumbre q é um zero a esquerda filhote do Renan

  6. sábado, 25 de maio de 2019 – 20:24 hs

    RODRIGO MAIA NAO PODERIA SER PRESIDENTE NAO E LADRAO DA ERA TEMER QUEM DEU O CARGO PARA ELE FOI O TAL BOLSONARO PARA FAZER AS TRAPASSA JUNTAMENTE COM EDUARDO BOLSONARO NO CONGRESSO NACIONAL SAO BANDIDOS MAIA ROUBOU MAIS DE 780MILHOES E MANDOU PARA FORA DO PAIS ONDE A POLICIA FEDERAL NAO TEM ACESSO MAS O DONO DA EMPRESA DE AVIACAO MESMO DENUNCIOU MAIA QUE PAGOU PROPINA DE 10MILHOES A ELE PARA APROVAÇÃO DE UM PROJETO

  7. MOACIR ANTÔNIO BORDIGNON
    sábado, 25 de maio de 2019 – 20:27 hs

    Parabéns, senador. Foi um voto acertado que efetivei. Chega de trejeitos ou de grosserias, que víamos na precedente legislatura. Agora, é seriedade, altivez e educacao sem restringir o que devr ser dito com serenidade à canalha que espostejou o país e faz pode de digna.

  8. Alvaro Santos
    domingo, 26 de maio de 2019 – 4:59 hs

    Como diria a Joyce Hasselman: Estagiário é a mãe.
    Oriovisto Guimarães honra os votos que obteve, honra pela postura, Que lhe falta experiência na lide política, falta mesmo, mas o caminho é este, não se acovardar e emudecer perante os ímpios. Essa corja, aves de rapina esbulhando o povo brasileiro.

  9. G
    domingo, 26 de maio de 2019 – 9:05 hs

    Poder no congresso não está relacionado com o número de votos, senador. Se assim fosse, Tiririca seria um dos líderes. Assim é a democracia representativa. Ademais, no sistema bicameral a câmara tem mais legitimidade para assuntos como a reforma da previdência, já que teoricamente representa os interesses do povo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*