Governo lança canal Paraná Turismo | Fábio Campana

Governo lança canal Paraná Turismo

A ação do Paraná de transformar a TV Rádio e Televisão Educativa (RTVE) em um canal para difundir o turismo do Estado, a TV Paraná Turismo, repercutiu nacionalmente. Durante o Fórum Nacional de Emissoras Públicas de Rádio e TV, semana passada, em Brasília (DF), outras unidades da federação demonstraram interesse em conhecer detalhes da nova linha editorial para replicar, mesmo que parcialmente, a programação.

A TV Paraná Turismo foi lançada nesta semana, no Canal da Música, em Curitiba, sede da emissora, com a presença do governador Carlos Massa Ratinho Junior.

“É o nosso compromisso com o setor do turismo, que o Paraná sempre trabalhou de forma muito tímida. O país todo terá a oportunidade de nos conhecer. O Paraná sai na frente de uma maneira inovadora”, afirmou o governador. “Não tenho dúvida de que será um sucesso. Se a ideia é boa, não tem problema copiarem. Só espero trazer mais turistas do que eles”, completou. Ratinho Junior destacou a Ilha do Mel, Baía de Paranaguá, Baía de Guaratuba, os alagados do Oeste, as cachoeiras gigantes de Prudentópolis, Porto Rico e as represas de Primeiro de Maio como pontos a explorar no turismo local, distantes dos grandes centros.

INTERESSE – Amazonas, Pará, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Norte foram alguns dos estados que buscaram mais informações sobre a estratégia paranaense. “Achei tudo bem interessante. Inicialmente o que houve foi uma troca de informações. No Amazonas o turismo é muito forte, e esse pode ser o caminho. Vamos preparar algumas coisas com esse objetivo”, destacou Oswaldo Lopes Filho, presidente da Fundação Televisão e Rádio Cultura do Amazonas (Funtec).

Kiko Ferreira, presidente da Rede Minas, responsável pela TV pública regional, classifica a iniciativa paranaense como “ousada e inédita”. “Temos aqui uma programação plural, mas, sem dúvida, que também pensamos em ampliar o turismo em Minas Gerais. Dentro dessa lógica, a proposta do Paraná é bem ousada e inédita”.

O secretário da Comunicação e Cultura do Paraná, Hudson José, reforça que a mudança no perfil da emissora atende a diretriz do governador Ratinho Junior, que estabeleceu a promoção do turismo estadual como ferramenta para o desenvolvimento socioeconômico do Paraná.

PROGRAMAÇÃO – Inicialmente, a Paraná Turismo estreia com sete horas semanais de programação local. Mas a ideia, explica Ruy Façanario, diretor-presidente da RTVE, é fechar 2019 com até quatro horas na grade diária. “Será uma TV pública, mas não política, acatando um pedido do governador. Carregaremos a bandeira do turismo para gerar renda e desenvolvimento nas cidades”, revelou ele.

Serão seis programas se revezando na grade: Turismo em Pauta; As Aventuras de Richard no Paraná, com o biólogo Richard Rasmussen, com passagens por SBT, Record e Band; Descubra Paraná; Bom de Pesca; AgroTur; e Identidade PR. “Queremos fazer também com que o paranaense conheça melhor o estado. O turismo é a prioridade do Paraná”, ressaltou Márcio Nunes, secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo.


4 comentários

  1. ELEITOR DE BOA MEMORIA
    quarta-feira, 15 de maio de 2019 – 9:55 hs

    Meu deus que novidade, este governador é cheio de inovações kkkkkkkkkkkkkkkkkkk rsrsrsrsrsrsrsrsrs ahahahahahahahahah ou ele se faz de inocente ou a assessoria esta enrrolando , nosso excelentíssimo governador, isto não é novidade ,

  2. Liani
    quarta-feira, 15 de maio de 2019 – 10:58 hs

    Devem estar agora transmitindo ao vivo a convidativa garoa

  3. Genildo
    quarta-feira, 15 de maio de 2019 – 10:59 hs

    Escuta….aquele “grupo de estudos” continuam “estudando” se o “governador” vai ou não cumprir a lei e pagar o que deve ao funcionalismo? Gente que escolhe qual lei vai cumprir pra mim já sabem né………

  4. JM
    quarta-feira, 15 de maio de 2019 – 11:03 hs

    Vamos deixar de enganar o povo e dar o reajuste obrigatório por Lei ao servidores do quadro geral , são 4 anos que está parado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*