PSDB quer mudar de nome | Fábio Campana

PSDB quer mudar de nome

Maior liderança tucana hoje, o governador de São Paulo, João Doria, disse que o PSDB encomendou uma pesquisa para avaliar entre outras coisas a possibilidade de uma mudança no nome do partido. As informações são de Ricardo Galhardo, Terra.

“Nós vamos estudar. Defendo que façamos uma pesquisa a partir de junho. Já está previsto, inclusive. E que esta ampla pesquisa nacional avalie também o próprio nome do PSDB”, disse Doria, neste domingo, 14, depois de participar da convenção municipal do PSDB de São Paulo.

“Melhor do que o achismo e o personalismo é a pesquisa, ela representa a convicção daquilo que emana da opinião pública”, justificou o governador.

A possibilidade de troca do nome de um dos mais tradicionais partidos políticos do Brasil foi revelada pela Coluna do Estadão. Segundo Doria, a reavaliação dos rumos do PSDB não representa uma guinada à direita abandonando o legado social-democrata tucano, como temem algumas lideranças históricas da legenda.

“O caminho do PSDB deve valorizar a sua história mas entender também a dinâmica de um país que evolui no tempo e no espaço. Hoje o PSDB caminha para ser um partido de centro com respeito à esquerda e à direita com definições claras em suas políticas sociais mas também liberal na política econômica”, disse Doria.

A convenção municipal dos tucanos paulistanos elegeu o sociólogo Fernando Alfredo, o Fernandão, chefe de gabinete da subprefeitura de Pinheiros e militante oriundo da base do partido, para presidir o diretório municipal do PSDB.

Aos gritos de “1, 2, 3 é Covas outra vez” o PSDB fez o primeiro gesto explícito em direção à reeleição do prefeito Bruno Covas, que participou da convenção.

A escolha não teve disputa. Ao longo da semana caciques tucanos fecharam um acordo para formação de uma chapa única na qual Covas indicou o presidente e Doria o secretário geral, Wilson Pedroso, além do tesoureiro-geral, o secretário municipal da Casa Civil, João Jorge.


11 comentários

  1. segunda-feira, 15 de abril de 2019 – 9:38 hs

    MUDAR DE NOME COM OS MESMOS PROSTITUTOS???KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

  2. jurandir
    segunda-feira, 15 de abril de 2019 – 9:57 hs

    O novo nome poderia ser ” Partido Solidário aos Babacas

  3. TARZAN
    segunda-feira, 15 de abril de 2019 – 10:01 hs

    Não adianta só mudar o nome do CIRCO, tem que mudar os funcionários, deu para entender?

  4. segunda-feira, 15 de abril de 2019 – 10:50 hs

    é só incluir hum h
    PHartido
    PartHido
    PartidHo

  5. Fábio Henrique Alves
    segunda-feira, 15 de abril de 2019 – 19:18 hs

    Vai ai sugestão que retrata a realidade: Muda para PT2.

  6. JÁ ERA...
    terça-feira, 16 de abril de 2019 – 6:34 hs

    O Brasil tem mais partidos políticos do que formigas cortadeiras no pasto. É uma aberração que nenhum país do mundo tem. Mudar de nome significa camuflar as roubalheiras que fizeram até hoje, porem os eleitores estão de olhos abertos !!!

  7. Maria E Lunardi
    terça-feira, 16 de abril de 2019 – 8:31 hs

    Deveriam mudar de atitudes e propósitos!

  8. Maria Lunardi
    terça-feira, 16 de abril de 2019 – 8:33 hs

    Deveriam mudar de atitudes e propósitos!

  9. Brimo Loko
    terça-feira, 16 de abril de 2019 – 9:01 hs

    PG – Partido do Gilmar!

  10. QUESTIONADOR
    quarta-feira, 17 de abril de 2019 – 10:15 hs

    -Podeira mudar para PAPT(partido amigo do PT) ou somente para Pilantras….Já tem até slogan: Pilantras em prol do Brasil!!!

  11. johan
    quarta-feira, 17 de abril de 2019 – 19:30 hs

    Caro Fábio, é uma oportunidade, fazer como os demais partidos fizeram antes, mudar de nome. Deixam o PSDB, para ser o PSDB – Partido dos Santos Do Brasil. Acreditamos que não mudarão os estatutos, as cartas de princípios e as diretrizes. Mudando isso, mudam a alma do partido. A sociedade conhece as lideranças que enganaram a sociedade nesses 30 anos de esquerdismo. Nas próximas eleições poderemos observar a continuidade do desastre para esses velhos pelegos. Atenciosamente.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*