Polícia Civil prende 3 empresários suspeitos de fraudar RGs | Fábio Campana

Polícia Civil prende 3 empresários suspeitos de fraudar RGs

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta segunda-feira (22), uma operação contra uma organização criminosa suspeita de fraudar carteiras de identidade para foragidos da Justiça e de estelionato. Três empresários foram presos: dois de Toledo e um de Cascavel, municípios do oeste do Paraná. As informações são do G1.

De acordo com a Polícia Civil, ao todo, havia três mandados de busca e apreensão e três de prisão. Três notebooks, documentos, celulares e dois carros foram apreendidos.

Os três empresários utilizavam os RGs falsos para criar empresas e cometer estelionatos, segundo a Polícia Civil. As investigações ainda continuam para entender quais são as pessoas, as instituições e as empresas que foram prejudicadas pelos três suspeitos presos.

A Polícia Civil também procura por pessoas que tenham se beneficiado com os documentos falsos.

Fases anteriores
A operação, batizada de “Vucetich”, chegou à 3ª fase. Em dezembro, ocorreu a 1ª etapa da operação.

No começo de abril, houve a 2ª fase, que resultou na prisão de quatro pessoas em Maringá, no norte do Paraná. Um outro suspeito preso na ocasião, mas em outra cidade, foi um servidor municipal de Rancho Alegre d’Oeste, na região centro-oeste do estado.

Conforme a Polícia Civil, esse servidor municipal falsificou cerca de 160 carteiras de identidade.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*