Ex-presidente do Peru, Alan García se mata ao saber que seria preso | Fábio Campana

Ex-presidente do Peru, Alan García
se mata ao saber que seria preso


Político era acusado de receber US$ 100 mil da Odebrecht; ele tentou se suicidar quando policiais entraram para detê-lo, foi levado ao hospital, onde sofreu três paradas cardíacas e passou por cirurgia, mas morreu

O Estado de S.Paulo

Alan García, ex-presidente do Peru, cometeu suicídio nesta quarta-feira, 17, com um tiro na cabeça quando policiais chegaram em sua residência, na capital do país, para prendê-lo por conexões com uma investigação sobre suborno no caso relacionado à construtora brasileira Odebrecht. García chegou a ser levado a um hospital, onde sofreu três paradas cardíacas e passou por cirurgia, mas morreu após três horas no centro cirúrgico, segundo fontes médicas.

“Esta manhã aconteceu este acidente lamentável: o presidente tomou a decisão de atirar”, disse Erasmo Reyna, advogado de García, na entrada do Hospital de Emergências Casimiro Ulloa, em Lima. O hospital indicou que García, de 69 anos, tinha “um ferimento de bala na cabeça”. Os dirigentes do partido de García e o presidente Martín Vizcarra confirmaram a morte do político. É o primeiro caso de suicídio relacionado à Lava-Jato na América Latina.

A informação de que o ex-presidente – que comandou o Peru de 1985 a 1990 e de 2006 a 2011 – havia tentado tirar a própria vida foi divulgada nesta manhã por fontes policiais que pediram para não ser identificadas. Segundo o ministro do Interior, García soube que havia uma ordem de prisão preventiva contra ele por volta de 6h30 (horário local), pediu permissão para conversar com seu advogado e se trancou em seu quarto. Neste momento, foram ouvidos disparos.

Imagens de emissoras locais de TV mostraram o filho do ex-presidente e partidários políticos chegando ao hospital Casimiro Ulloa. A polícia fez um cordão de isolamento para garantir a segurança no local.


5 comentários

  1. Rr
    quarta-feira, 17 de abril de 2019 – 18:00 hs

    Bem que o assassino presidiário de nove dedos,poderia fazer o mesmo.

  2. Gladiador
    quarta-feira, 17 de abril de 2019 – 18:45 hs

    No mundo todo os caras se matam, quando a casa cai. Aqui, bem, aqui tem que perguntar la no STF…

  3. quarta-feira, 17 de abril de 2019 – 19:24 hs

    Faltariam balas no BRASILLLLLLLLLLLLLL, se os politiCUS seguisssem essa cartilha

  4. bs
    quarta-feira, 17 de abril de 2019 – 19:47 hs

    Se essa mofa pega no Brasil, ficaríamos livres de muitos políticos

  5. Ademir
    quinta-feira, 18 de abril de 2019 – 0:26 hs

    Exemplo a ser seguido por corruptos brasileiros!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*