Deputado quer classificar homofobia como 'patologia' | Fábio Campana

Deputado quer classificar homofobia como ‘patologia’

Enquanto o Supremo Tribunal Federal não retoma o julgamento da criminalização da homofobia, o Congresso corre para resolver a questão. O deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), da bancada evangélica, assumiu com os presidentes da Câmara e do STF, Rodrigo Maia e Dias Toffoli, o compromisso de encontrar uma solução. O parlamentar tem reunido especialistas para propor tratar a homofobia como “patologia psiquiátrica”. Quando a junta médica avaliar que é o caso, será aplicada como agravante aos crimes de lesão corporal e homicídio. As informações são da Coluna do Estadão.

No almoço que reuniu o presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e Toffoli com a bancada evangélica, Sóstenes comunicou a intenção de apresentar o projeto de lei em 15 dias.

A proposta trará ainda um dispositivo para garantir a “liberdade de expressão” a pastores e religiosos que façam críticas ou que digam que a homoafetividade é pecado.


4 comentários

  1. domingo, 14 de abril de 2019 – 15:25 hs

    Bah,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

  2. Euzébio Troncoso
    domingo, 14 de abril de 2019 – 20:28 hs

    Deixa ver se entendi… Querem criminalizar e transformar a homofobia em patologia… Enquanto isso, o homossexualismo tem que ser aceito, incentivado, comemorado e tido como algo saudável e normal? É isso, Arnaldo?

  3. jose GERALDO DA COSTA
    segunda-feira, 15 de abril de 2019 – 9:19 hs

    Quanta ignorância!!!! o cara se elege para fiscalizar e criar leis, aí fica perdendo tempo preocupado com viados, deixa essa turma fazer do rabo deles o que quizerem, PQPPPPP.

  4. Juca
    terça-feira, 16 de abril de 2019 – 13:23 hs

    Entendi. Quem não gosta de homossexuais, travestis, lésbicas e coisas assim é doente!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*