Sargento Fahur defende a pena de morte | Fábio Campana

Sargento Fahur defende
a pena de morte

Mais radical entre os parlamentares “linha-dura” da nova legislatura, o Sargento Fahur (PSD-PR) estreou na Comissão de Segurança em grande estilo: defendeu a pena de morte, ignorando se tratar de cláusula pétrea. E já teria o primeiro alvo: o líder do PCC, Marcos Camacho, o Marcola. As informações são de Evandro Éboli na coluna Radar da Veja.

“Sou a favor da pena de morte. Quando perdemos o controle dos presídios e mesmo lá dentro continuam cometendo crime…Igual esse desgraçado desse Marcola. Custa milhões de reais ao país. Se for solto, vai voltar a cometer crime. Deveria estar morto e executado pelo Estado. Falo isso sem dor na consciência. Não tem conserto. Como milhares de outros no país”.

“No mínimo, no mínimo, temos que adotar a prisão perpétua”.

Fahur, sargente da Polícia Militar do Paraná, revelou que dorme com uma pistola embaixo do travesseiro.


12 comentários

  1. Rr
    sábado, 16 de março de 2019 – 9:53 hs

    O mesmo pensamento de 90% da população.

  2. ozzie
    sábado, 16 de março de 2019 – 10:49 hs

    Certíssimo o deputado do povo, Marcola, Fernandinho Beira Mar, a turma do PCC, turma co CV, só dão despesas e trabalho mesmo presos, deveriam ter pena de morte em praça publica, para servir de exemplo, esses caras não respeitam as pessoas, a família, e o País.

  3. Aprigio Fonseca
    sábado, 16 de março de 2019 – 10:49 hs

    Cuidado Sargento,tem muita gente amiga sua em Brasilia que pode ser enquadrada na sua lei.Inclusive partidário seu e família,

  4. Roberto Oliveira
    sábado, 16 de março de 2019 – 10:56 hs

    Simples assim!!! Ele está certo!! A sociedade brasileira está doente e não percebe que a cura só virá com remédios muito amargos. Sempre defendo a vida, mas em casos como desse bandido citado pelo deputado e de muitos outros não tem jeito. Até porque a vida de qualquer pessoa não vale 1 centavo nas mãos desse tipo de gente. A pena de morte ou a prisão perpétua deveria existir inclusive para os políticos corruPTos. Parabéns ao Sargento que não fica fazendo média. Até quando o cidadão de bem, que trabalha para sustentar esse País em pé, vai suportar viver encarcerado em sua própria casa, porque as ruas estão cada vez mais perigosas?

  5. sábado, 16 de março de 2019 – 11:16 hs

    SE VALER PARA PARENTES DE POLÍTICOS, TAMBÉM SOU.KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

  6. Lucio
    sábado, 16 de março de 2019 – 11:33 hs

    Ele defende a pena de morte e disse que é a favor a reforma da providencia do Bolsonaro, pois é…..

  7. Carlos Arruda
    sábado, 16 de março de 2019 – 19:58 hs

    Só conversa mole…apresentou projeto? Partiu para a ação ou vai ficar nessa baboseira achando que todos são idiotas de rede social

  8. NA CORDA BAMBA
    domingo, 17 de março de 2019 – 7:55 hs

    Infelizmente o que é correto não é lei por aqui. Se segussemos as
    legislações como da Indonésia onde estes tipos de crimes que asso-
    lam o nosso país tem pena de morte ou prisão perpétua os cidadãos
    do bem viveria em paz porque sobraria grana para todos.
    Daqui para frente é só dedetizar tudo que temos que ruim pela fren-
    te e que as gerações futuras possam ter uma vida digna de fato porque a minha por exemplo, já foi…

  9. Ivan
    domingo, 17 de março de 2019 – 21:31 hs

    Pena de morte tbm para policial corrupto!!

  10. Elton
    segunda-feira, 18 de março de 2019 – 9:34 hs

    Ele certamente está falando da pena de morte para os bandidos que não são seus amigos. É o mesmo que dizer que “bandido bom é bandido morto”, mas não questionar um fato simples: miliciano é bandido? Se miliciano é bandido? Então miliciano bom é miliciano morto? Por que o Rei e seus filhos defendem milicianos se eles sempre dizem que bandido bom é bandido morto e defendem a pena de morte para bandidos perigosos?

  11. Professora Alice de Carli
    segunda-feira, 18 de março de 2019 – 10:22 hs

    Este cidadão é ainda mais doente que os que ele citou, vejo neste tipo de paladino da justiça, uma mente doentia que tem desejo de executar quem ele julgar ser incorreto. Muito me admira um policial militar, sabedor das leis do país, ou pelo menos teria a obrigação de conhecer o minimo das leis, falar um amontoado de merda como esta.

  12. Silvio
    segunda-feira, 18 de março de 2019 – 11:39 hs

    Já perdi as esperanças…
    Se é este tipo de pessoa que está “renovando” a política brasileira, eu joguei os betes…
    Será que este cara parou pra pensar que os únicos que são condenados nesse país são os pobres e desassistidos???
    Os ricos e canalhas continuarão vivos!!!
    Mais um com cérebro obtuso…
    Credo!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*