MDB patina na inércia | Fábio Campana

MDB patina na inércia


O MDB velho de guerra está cansado, sem norte. Na Câmara, com bancada reduzida para 34 deputados, a mais inexpressiva da sua história, o partido que já foi liderado por Ulysses Guimarães sofre crise de identidade. É que os novos deputados eleitos em 2018 não querem saber das velhas lideranças, representadas pelo seu atual presidente nacional, Romero Jucá. Nem mesmo as cumprimenta. O partido não tem nem mesmo interessados em assumir sua presidência. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Perdidos, os antigos do MDB não sabem nem mesmo a quem se dirigir. Não há líderes que se destaquem, entre os novos do MDB. Para entender o que acontece, Jucá se reuniu antigas lideranças do velho MDB, como Moreira Franco, mas ninguém sabe o que fazer. O governador Ibaneis Rocha (DF) aceitaria presidir o partido, mas o estatuto veda essa função aos que ocupam cargos no Poder Executivo. A cúpula do MDB apelou ao ex-presidente Michel Temer para assumir o comando do partido. Ele recusou: afastou-se da política para sempre.


4 comentários

  1. PEDROCA DO SUDOESTE
    segunda-feira, 18 de março de 2019 – 16:23 hs

    O MDB velho de guerra, realmente envelheceu. Se o partido por acaso colocar algum desses medalhões na presidência, será fadado a desaparecer do mapa. O povo se encheu ,pois o MDB sempre foi governo desde FHC até seu Michel Temer, sempre mamando uma meia dúzia no poder, e os filiados na ponta da linha sustentando o partido, a militância cansou.O que precisa é o partido deixar para pessoas mais novas comandar o mesmo.

  2. EU
    segunda-feira, 18 de março de 2019 – 17:31 hs

    A identidade do MDB ficou muito clara nas últimas décadas; fisiologismo, falta de caráter político e ligações profundas com a corrupção.
    Basta elencar e observar a quantidade de seus caciques presos e denunciados em escândalos.

  3. Paulão
    segunda-feira, 18 de março de 2019 – 19:37 hs

    O PMDB se desvirtuou ao longo dos anos, e muitos de seu quadro enveredaram para a corrupção. Hoje o eleitor tem aversão ao triunvirato PT /PSDB /PMDB, pois quando estavam no poder tiveram oportunidades para transformar o Brasil e nada fizeram. Enfim , perdeu a sua credibilidade, e para resgatar é muito difícil, o jeito para estes medalhões será mudar de partido

  4. JÁ ERA...
    terça-feira, 19 de março de 2019 – 3:57 hs

    Realmente estes partidecos que deixaram o país à míngua precisam ser varridos definitivamente do cenário político. Os nossos
    antigos representantes como o Requião e agora reeleita Gleisi formam uma verdadeira vergonha nacional. O grande problema é que nenhum político toma posse sem ser eleito e se estão lá é porque ainda existem os imbecis desmiolados que votaram neles !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*