Guaidó diz que considera intervenção militar estrangeira | Fábio Campana

Guaidó diz que considera intervenção militar estrangeira

Falando de cima do capô de um carro e com um alto-falante, o presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, voltou a dizer que todas as opções estão sendo consideradas para derrubar o ditador Nicolás Maduro do poder, referindo-se à possibilidade de uma intervenção militar estrangeira na Venezuela. Informações da Gazeta do Povo.

“Temos avaliado todas as opções para alcançar os objetivos desse movimento… Todas as opções estão sobre a mesa e dizemos isso com responsabilidade”, afirmou perante uma multidão reunida em uma grande avenida da capital Caracas neste sábado (9).


Um comentário

  1. segunda-feira, 11 de março de 2019 – 21:40 hs

    Se o Maduro for retirado por forças estrangeiras ele siará
    como um forte que lutou pela “Democracia” e foi forçado a deixar o seu país e ainda terá guarida em países comunistas podendo retornar
    posteriormente e tomar novamente o poder. O ideal seria o povo venezuelano retirá-lo a força, expulsá-lo e julgá-lo dentro da
    legalidade. Aí sim jamais voltaria ao poder. Enquanto o povo estiver dividido torna-se difícil, porque tem gente que só vê o próprio umbigo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*