Depois da imagem arrombada | Fábio Campana

Depois da imagem arrombada


Na Câmara Municipal de Rolândia, faltou lugar para tanta gente que foi assistir a sessão na expectativa de encontrar o presidente, vereador Eugênio Serpeloni (PSD), protagonista de um escândalo pela divulgação de um vídeo em que ele aparece se masturbando e que foi visto por milhares de usuários de um aplicativo de mensagens instantâneas desde a noite de domingo. Depois, o vídeo ganhou o mundo em redes sociais. Serpeloni não compareceu. O vereador João Gaúcho (PSC) afirmou que ele estava recolhido ao lado de sua família. Provocou risos.

O ex vereador de Rolândia e agora deputado federal Boca aberta pediu a deposição de Serpeloni, que é presidente da Câmara de Rolândia. Outros vereadores fizeram um apelo para que deixem de chamá-lo pelo apelido pejorativo que recebeu, por denegrir a imagem da cidade. Com o perdão dos leitores, “o punheteiro de Rolândia,”


3 comentários

  1. quarta-feira, 13 de março de 2019 – 10:56 hs

    POVINHO GOSTA DE UM BARRACO,KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

  2. wendel
    quarta-feira, 13 de março de 2019 – 16:43 hs

    Corrigindo… o Boca Aberta foi vereador em Londrina, e não em Rolândia. Já há vergonha demais na cidade para segurar mais essa….

  3. quarta-feira, 13 de março de 2019 – 21:34 hs

    O duro que daqui uns dias sai candidato a deputado e se ele ….pois o povo tem memória curta rsrsrsrs pois até esse boca aberta ficou de boca aberta rsrsrsrsrs

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*