Aos gritos de 'ladrão', Temer chega à sede da PF no Rio | Fábio Campana

Aos gritos de ‘ladrão’, Temer chega à sede da PF no Rio

Folhapress

O ex-presidente Michel Temer (MDB) chegou à Superintendência da Polícia federal no Rio de Janeiro, onde ficará preso preventivamente.

Um grupo de cerca de dez manifestantes esperava a chegada do ex-presidente, que foi chamado de golpista e ladrão. Dois deles ergueram uma bandeira do Brasil.

O juiz Marcelo Bretas, que determinou a prisão de Temer, decidiu mantê-lo no local e afirmou que o tratamento deve ser o mesmo dado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na Polícia Federal de Curitiba desde abril de 2018.


Um comentário

  1. Aprigio Fonseca
    quinta-feira, 21 de março de 2019 – 22:39 hs

    Temer já fez a parte suja,agora é bagaço de laranja,mas foi usado novamente para desviar a atenção de tanta anarquia que esse governo está fazendo.
    Vamos esquecer por uns dias do Queiroz,dos filhos esquisitos e dos milicianos,quem sabe daqui 40 anos a PF tambem descobre quem matou Marielle e ache o Queiroz.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*