Soldado Fruet defende atuação 'grupo tático' nas penitenciárias | Fábio Campana

Soldado Fruet defende atuação
‘grupo tático’ nas penitenciárias

Nesta quinta-feira, 21, o deputado Soldado Fruet (Pros) se reuniu com representantes dos agentes penitenciários de Foz do iguaçu e defendeu a atuação do Grupo SOE nas penitenciárias. O SOE (Setor de Operações Especiais do Sistema Prisional) é formado por policiais treinados para lidar com situações extremas, como rebeliões e motins. Atualmente, os presídios da cidade não contam com a presença deste grupo e os agentes penitenciários acabam assumindo esta função.

Soldado Fruet adiantou que “já existe um projeto em andamento, o qual propõe a permanência do SOE nas penitenciárias de Foz do Iguaçu. Agora temos que trabalhar para que esse projeto tenha sua devida atenção”, disse.

“Estou batalhando para que a região possa ter essa proteção. Sem um grupo tático especializado e combativo, os agentes ficam vulneráveis e a sociedade também. Não podemos esquecer das famílias dos agentes e os moradores, comerciantes e trabalhadores que circulam nas proximidades de um presídio. Reforço a extrema urgência e reitero meu pedido de imediata proteção diante desta exposição e risco eminente”, enfatizou o deputado.

Na reunião, os agentes penitenciários relataram o risco no qual estão expostos a essas situações (rebeliões ou motins). Não têm sequer o resguardo da identidade pessoal e são submetidos, de forma vulnerável, às possíveis ações de represália dos presos.

Também está marcado para próxima terça-feira (26), uma reunião do Deputado Soldado Fruet com o diretor geral do Depen (Deparamento de Execução Penal), Francisco Caricati, para tratar dos projetos em relação ao SOE.


2 comentários

  1. Magaiver
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 13:27 hs

    O SOE realmente é importante e realiza um trabalho especializado com treinamento intensivo para realização desse trabalho. Mas é importante lembrar que ele é composto por Agentes Penitenciários de formação profissional, e não por policiais como diz a reportagem.

  2. sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 13:49 hs

    Bah,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*