RICHA DEIXA A PRISÃO | Fábio Campana

RICHA DEIXA A PRISÃO

Beto Richa saiu agora do Complexo Médico Penal.
Nem ele nem o advogado conversaram com a imprensa, ao contrário do que aconteceu da vez anterior, em que deu entrevista. Os dois saíram rapidamente dentro de um carro com vidros escuros.

Richa conseguiu ontem à noite um habeas corpus assinado pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, que determinou sua libertação imediata.
Na mesma decisão, o ministro expediu uma ordem de salvo-conduto em favor de Beto Richa e do seu irmão José Richa Filho para que eles não sejam presos cautelarmente no âmbito da Operação Integração II, exceto se demonstrada, concretamente, a presença de algum dos fundamentos admitidos pela legislação processual para a decretação de tal medida.


7 comentários

  1. Tico tico
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019 – 11:14 hs

    Tua batata ainda vai assar muito playboy, não pense que acabou.

  2. Larissa Adriana
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019 – 12:16 hs

    Já tem mais delação e já volta!

  3. JM
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019 – 12:22 hs

    Vai voltar e não vai sair mais, seu fora da lei.
    Ministro Moro vamos rever essa saida estranha.

  4. Aprigio Fonseca
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019 – 14:29 hs

    Os parça deram um jeito ,senão num ataque de raiva ele derruba o judiciário todo desde o TRF 1 ATÉ O 1500.

  5. Ein Sof
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019 – 15:23 hs

    Soltem o Lula agora.

  6. Osnir
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019 – 17:15 hs

    Independente do desfecho final do processo, a investigação ainda encontra-se em trâmite, o que não é justo o indivíduo ser preso simplesmente para atender um clamor público. Os recursos as instâncias superiores existem justamente para rever decisões consideradas arbitrárias e de cunho político e social.

  7. Rogério
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019 – 19:15 hs

    Por falar em justiça, já pensaram em perguntar como se sentem os familiares que perderam entes queridos, pais , mães, filhos em acidentes na BR 277, onde se não fosse a ganância de políticos corruptos, já estaria duplicada a muitos anos, sendo evitado centenas de mortes.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*