Ratinho abriga ex-deputados | Fábio Campana

Ratinho abriga ex-deputados

Roseli Abrão deu uma olhada no Diário Oficial e descobriu que quatro ex-deputados passam a integrar o governo de Ratinho Júnior. São eles: Alexandre Guimarães, que assume o cargo de assessor especial da Governadoria; Cláudio Palozi, que será superintendente da ParanaEducação; Rasca Rodrigues, nomeado como diretor geral da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos; e Luiz Accorsi, que irá integrar a assessoria do governador.
Na equipe de Ratinho Júnior, também, o filho do deputado federal Rubens Bueno, Rubens Bueno II, nomeado como assessor da Casa Civil.
O Diário Oficial traz, ainda, a nomeação de 16 nomes para a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, entre eles o ex-titular da pasta (governo Cida Borghetti) Décio Sperandio.


19 comentários

  1. quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 11:00 hs

    Essa política é asquerosa só muda as coleiras.

  2. Aguirre
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 11:02 hs

    Como princípio humanitário, pessoas incapazes de trabalhar devem ser suportadas pelo erário do Estado.

  3. emilson pupo
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 11:09 hs

    Estado cabide de emprego. Político é um ser não confiável.

  4. quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 11:20 hs

    kkkkk. Essa foi sensacional,Aguirre.

  5. João sem teto
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 11:27 hs

    Aos trouxas que fizeram campanha pro Ratinho, inclusive eu, Belo Richa-PSDB dando as cartas neste governo. A vida é um espelho e o Ratinho sabe disse, logo esse pessoal vai cobrar a conta…

  6. Roberto
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 11:32 hs

    Triste povo paranaense que terá um rato como governador.o

  7. Um alguem
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 11:33 hs

    Isso sem contar os que estão cotados para as diretorias da COHAPAR (posso citar Corti e Bier), e em outras empresas públicas

  8. Sergio
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 11:41 hs

    De uma olhada na Celepar. Vai aparecer 40.

  9. Roberta Cavalcanti
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 11:45 hs

    E o que dizer …dos que abertamente fizeram campanha para a Cida, foram contemplados também com altos cargos comissionados em alguns órgãos estaduais ( alguns citados em várias denúncias ) ….? Nada a dizer ..pois a farra continua …..lamentável porque os paranaenses acreditavam na mudança …e o que vemos é a velha política sendo confirmada!

  10. quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 14:01 hs

    Este Rato enganou os ingênuos dos eleitores com o ditado de nova politica, mesmo depois de 8 anos no governo Richa…e agora recolhe todos os que foram cassados nas urnas pelo eleitor…indo ao contrário da vontade popular, da soberania do voto popular…o povo não queria mais que os não eleitos e diga-se aí familiares também dos eleitos, mamassem no dinheiro público…mesmo sistema de política do Lerner, Richa, Requião, Pessuti e Cida, nada mudou…e o camondongo ainda dizia a “nova politica, novo jeito de gerir o Estado”, que balela!!!

  11. Carlos Eduardo
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 14:13 hs

    Cabide de empregos com polpudos salários reajustados. E os servidores do Executivo que se lasquem…..

  12. quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 14:36 hs

    GENTEM, ISSO É MUITO NORMAL EM UM MODELO POLITICO PROSTITUTO, POR ISSO, A RENOVAÇÃO É QUASE ZERO!!!
    SEGUE O BAILE!!!KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!

  13. Gaudério do Piquiriguaçu
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 14:39 hs

    O governo do “Novo” continua com as mesmas velhas práticas do Brasil-colônia versão século XVIII. Há um festival de nomeações no Diário Oficial.

  14. Lucio
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 15:36 hs

    É a nova politica tirando dinheiro da educação, saúde, segurança e enchendo o estado de cargos CCs. e FGs

  15. johan
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 15:39 hs

    Caro Fábio, é lamentável essas ações de reintegração aos cargos, de elementos que o eleitor dispensou e enviou para casa. O governador Ratinho inicia seu périplo de descrédito por parte da sociedade, ao recolher em seu governo, justamente aqueles que os eleitores dispensaram. Fica difícil acreditar que promoverá a redução no quadro funcional e a extinção dos cargos comissionados. Atenciosamente.

  16. Carlos Soares
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 16:03 hs

    Esta era a nova política! Gestão moderna e eficiente que não iria abrigar ex-prefeitos ou ex-deputados em seu governo. Sem falar nas nomeações de deputados apenas para conseguir mandato para outros suplentes. Vide Stephanes Jr e Backry. Quatro deputados em secretarias um vice prefeito e um prefeito. Mais do mesmo

  17. Luiza F. Nascimento
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 17:14 hs

    Se olhar com cuidado verá também muito sobrenome que esbanja elegância e glamour nas colunas sociais, especialmente na capital do Estado, mas adora cargos no poder público independente de qual seja o governante de plantão.

  18. flavio
    quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019 – 17:26 hs

    Infelismente é a velha politica e alguém acreditou que seria diferente.KKK.

  19. johan
    sábado, 9 de fevereiro de 2019 – 13:10 hs

    Caro Fábio, com as medidas adotadas pelo governador em dar espaços para os que foram dispensados pela sociedade, fica claro algumas ações que os eleitores devem manter, para retirar de fato esses políticos que não sustentam em pé o que falam sentados. Nós eleitores devemos cobrar e perseguir medidas como:
    – Fim da releição-já para o executivo municipal, estadual e federal;
    – Fim do Foro dos Privilegiados já;
    – Acabar já com essa oportunidade de escolher parlamentares como auxiliar, office boy do executivo. O parlamentar eleito possui compromisso com o eleitor. Para aceitar o cargo de secretário, o parlamentar eleito deve pedir exoneração do cargo. O suplente assume e conclui o mandato. Acaba essa farra. O país precisa ser limpo, são outros valores que a sociedade deseja para o futuro. Atenciosamente.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*