Que tal essa nova empresa da Copel? | Fábio Campana

Que tal essa nova empresa da Copel?

O governador Ratinho Junior estuda a criação de uma nova empresa na Copel. A Copel Serviços vai cuidar da iluminação pública nos municípios paranaenses interessados neste tipo de serviço, considerado um problema pela maioria das prefeituras. Na Assembleia tem gente torcendo o nariz. Acha que é mais uma para das empregos de altos salários.


12 comentários

  1. Lucio
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 17:12 hs

    Mais cargos CCs FGs e farra das empreiteiras.

  2. Amir
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 18:25 hs

    Eu acho ótima essa ideia, a luz da rua na frente da minha casa na av Candido hartimam 4540 ficou queimada desde outubro/2018 e depois de ligar 10 vezes para 156 foi consertado esse mês de fevereiro/2019 brincadeira 5 meses pra tocar um lampada ninguém merece, deve ser por aí apoio Copel serviço

  3. Carolina T. Weissmann
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 19:34 hs

    Mais uma estatal. Governo socialista. Parabéns.

  4. Servidor
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 20:23 hs

    Bingo! Tava demorando, os cargos comissionados no governo já foram preenchidos, e tem uma fila que tá virando o quarteirão. A nova velha forma de fazer Política. Vc é a podridão política Paranaense.

  5. tontao nem tanto
    sábado, 23 de fevereiro de 2019 – 7:54 hs

    Se teve um cara esperto para criar cargos comissionados, digo, empresas Públicas, foi o tio Bila de Londrina, esse sim entendia a dinâmica da oposição.

  6. Luiza Perez
    sábado, 23 de fevereiro de 2019 – 11:24 hs

    Amir, aqui na minha rua levaram quase 3 meses prá trocar uma lâmpada, esse 156 francamente é pura perda de tempo. Minha família é de BH, lá você pede uma troca de lâmpada e no dia seguinte tá funcionando. Pena que a Prefeitura de Curitiba não tem essa capacidade. Com a Copel a coisa com certeza vai melhorar!!

  7. EU
    sábado, 23 de fevereiro de 2019 – 11:48 hs

    Haha. Estão sobrando cupinchas e companheiros que participaram da campanha e faltando cargos em comissão. Daí, a solução é criar uma nova empresa para fazer a tarefa que é constitucionalmente das prefeituras municipais, e assim, todos serão premiados.
    Enquanto isso o funcionalismo de carreira não recebe seus salários corrigidos pela inflação há quatro anos. Desde os tempos em que o camundongo júnior fazia parte como secretário do desgoverno do beto richa.
    É o velho “novo jeito de administrar e de reformar a máquina pública para torná-la eficiente”.
    Arghhhhh!

  8. sábado, 23 de fevereiro de 2019 – 12:52 hs

    Que vergonha só muda a coleira não é mesmo? A política brasileira é asquerosa fede e faz mal qa a qualquer nariz honesto

  9. Mestre Yoda
    sábado, 23 de fevereiro de 2019 – 16:08 hs

    é a companheirada pedindo emprego, muitos foram desempregados pelo povo na eleição passada. Como deixar um companheiro de partido ou da igreja sem emprego? Nada disto, estatal para empregar desempregados.

  10. PitBull
    sábado, 23 de fevereiro de 2019 – 19:01 hs

    Estratégia do mouse roendo pelas beiradas…
    Vai roer muito mais o bolso do paranaense…
    Tinham alguma dúvida que seria diferente ?

  11. domingo, 24 de fevereiro de 2019 – 8:43 hs

    A própria COPEL DISTRIBUIDORA poderia fazer esse Serviço como fazia antes a Cia. Força e Luz que foi incorporada pela COPEL é só contratar funcionários pra essa Função de Eletricistas trocadores de Lampadas ou A COPEL Terceiriza. Criar uma Empresa SUBSIDIÁRIA da COPEL é CRIAR GASTOS!

  12. Augusto
    quinta-feira, 1 de agosto de 2019 – 16:23 hs

    Eaí, novidades sobre esse assunto ou é só especulação ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*