Procurador quis encerrar apuração sobre Flávio sem diligência | Fábio Campana

Procurador quis encerrar apuração sobre Flávio sem diligência

O procurador regional eleitoral do Rio de Janeiro, Sidney Madruga, quis encerrar uma investigação contra o senador Flávio Bolsonaro sem realizar nenhuma diligência. O procedimento tinha como objetivo apurar suposta falsidade ideológica eleitoral praticada por Flávio ao declarar seus bens à Justiça Eleitoral. O arquivamento pedido por Madruga foi vetado pela 2ª Câmara Criminal de Revisão do Ministério Público Federal, que determinou uma avaliação mais rigorosa do caso.
A investigação sobre o patrimônio de Flávio segue na área criminal do Ministério Público Federal. O senador também é citado no procedimento que apura a movimentação financeira de seu ex-assessor Fabrício Queiroz, este caso está sob responsabilidade do Ministério Público do Rio de Janeiro.

(Foto: Pedro França/Agência Senado)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*