Pedra no sapato | Fábio Campana

Pedra no sapato


O Soldado Fruet, do PROS, é promessa de pedra no sapato de quem governa. Ele gosta de aurar os dados, examinar os fatos e as circunstâncias e, bem municiado, propõe o debate. Ele acaba de fazer uma rigorosa avaliação da reforma administrativa do governo Ratinho Jr. pois chegou a conclusões surpreendentes. Uma delas é que de fato houve redução de 21 para 15 secretarias, mas não se iludam, diz Fruet, houve ampliação dos cargos AE1 (R$ 23,6 mil), que tem salários iguais aos de secretários de estado, de oito para nove.

Também criadas 12 superintendências que hoje não existem, com salários de R$ 22 mil reais. A reforma estabelece 17 diretorias gerais com salários de R$ 18,5 mil, muito superiores aos vencimentos atuais (R$ 12,6 mil).

Outra novidade da reforma são os cargos DD1 que não existem hoje em dia. Serão 21 diretorias com salários de R$ 15 mil. É verdade que há a redução de 25 cargos DAS1 (R$ 10,9 mil), porém esses são compensados com a criação de 82 DAS2 ( R$ 9,6 mil). E o Soldado Fruet conclui que a reforma administrativa da forma como está aumenta em mais de R$ 10 milhões por ano os gastos com salários de servidores.

Ora, pois, eis uma enorme pedra no sapato.


11 comentários

  1. antonio carlos
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 14:13 hs

    Parabéns soldado Fruet, estou arrependido de não ter votado em você, mas já pode me considerar como seu eleitor. Este é o tal Xoke de Jestão do Ratinho, igualzinho ao que o Betinho fez no início do segundo reinado dele. Deu no que deu, um segundo mandato que só não fracassou por causa do tremendo tarifaço levado a cabo pelo Mãos de Tesoura. Foi ele que tirou o Estado da quase falência que o Betinho e o seu mano nos tinha enfiado. Agora o Ratinho vai pelo mesmo caminho, o de não deixar nenhum amigo desempregado, extingue secretaria e aumenta o número de diretorias o que dá no mesmo. O Ratinho está indo pelo mesmo caminho do Betinho. Mais um pouco e vamos começar a sentir falta das loucuras de Maria Louca.

  2. Lambada.
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 17:04 hs

    Trabalho avaliativo que merece nossa atenção e respeito. Desmascara as enganações ostensivas e hipócritas e malandras de apadrinhamentos cada vez MAIORES no inchaço no Estado. Os servidores do executivo com isto cada vez MAIS postergados e discriminados. Revoltante !!! A credibilidade vai para o CHINELO !!!

  3. sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 18:12 hs

    Ops!!!.
    Parece que está aparecendo alguém decente no pedaço.

  4. Canguru Perneta
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 19:22 hs

    Pedra no sapato? Sei, sei! É só nomearem um ou dois parceiros do tal “Soldado” que já resolvem o probleminha. xaxaxaxaxaxaxa

  5. Zezinho da Alep
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 21:13 hs

    Esse vai dar trabalho pro GULOSO SILVA kkkkk

  6. Estacho Douhei
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 21:54 hs

    Essa reforma é uma vergonha. Está certo o Deputado Soldado Fruet. Parabéns pelo trabalho.

  7. Abençoado
    sábado, 23 de fevereiro de 2019 – 0:28 hs

    Parabéns Dep. Teu trabalho vai ser reconhecido. Estamos e confiamos em vc.

  8. Pedro Bom
    sábado, 23 de fevereiro de 2019 – 9:36 hs

    O GULOSO já engole ele …. kkkkk

  9. renato frederico haisi
    sábado, 23 de fevereiro de 2019 – 11:18 hs

    OQUE ESPERAR DE UM RATO….RODEADO DE CUJARAS..ABOCANHANDO TUDO QUE PUDEREM…GOVERNO DE FANTOCHES E DE GESTORES QUE SO SE PREOCUPAM COM SEUS SALARIOS…..

  10. Jose
    sábado, 23 de fevereiro de 2019 – 17:29 hs

    Ele vai ficar mais decepcionado ainda, se ele for na CELEPAR, lá tem muito assessor ganhando bem.
    Chega ser nojento, e os empregados tem que conviver com essa raça de penetras sem concurso.

  11. Alfredo
    domingo, 24 de fevereiro de 2019 – 20:55 hs

    Quero ver se essa fiscalização continuará pelos quase 4 anos.vou acompanhar as suas descobertas, das falcatruas do GOVERNO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*