Ministro exonerado, mas só para virar deputado | Fábio Campana

Ministro exonerado, mas só para virar deputado

Está no Diário Oficial de hoje a exoneração do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. O caso se dá apenas burocraticamente, segundo sua assessoria. Parlamentares eleitos têm até 60 dias para tomar posse.
Antônio é um dos quatro ministros de Bolsonaro que também é deputado e o único que ainda não havia agarrado o mandato de parlamentar. Para não deixar dúvidas, o ministro esclareceu: “Em tempos de fake news, importante avisar: hoje tomo posse na Câmara dos Deputados e amanhã retorno as atividades frente ao Ministério do Turismo”.
Uma reportagem da Folha de S.Paulo apontou Marcelo como integrante de um esquema irregular para lançar candidatos “laranjas”, nas eleições, e assim desviar verbas eleitorais do Fundo Partidário, beneficiando-se do sistema. Ele foi o deputado federal mais votado do estado. Há dois dias, na sua conta no Twitter, ele negou qualquer tipo de irregularidade.

(Foto: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*