Guedes promete reformas, gastos sociais e fim de privilégios | Fábio Campana

Guedes promete reformas, gastos sociais e fim de privilégios

Paulo Guedes concedeu enorme entrevista ao jornal de economia britânico Financial Times. Recebeu equipe em seu escritório em Brasília para falar sobre o que pretende fazer para impulsionar a economia do Brasil.
Disse que a reforma da Previdência economizaria R$ 1 trilhão em 10 anos e que deverá ser aprovada “dentro de cinco meses”; que irá manter os gastos sociais e acabar com corrupção, privilégios e benefícios.
Para o o jornal, Guedes e Bolsonaro formam um par estranho. O primeiro foi descrito como um day-trader ocasional, que fundou o que mais tarde se tornou o maior banco de investimentos do País, o BTG Pactual. Bolsonaro era um deputado “de bancada” com um histórico de votar contra políticas econômicas liberais e em favor do nacionalismo corporativista que Guedes planeja encerrar. O ministro explicou que o ponto que os une é libertar os jovens do “fardo socialista” do Partido dos Trabalhadores que governou o Brasil a maior parte deste século.

(Foto: Adriano Machado/Reuters)


2 comentários

  1. Palpiteiro
    terça-feira, 12 de fevereiro de 2019 – 17:45 hs

    Fim de privilégios no judiciário, legislativo, mp e outros…. essa é boa… nem a velhinha de Taubaté acreditaria…só rindo…

  2. povo brasileiro
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019 – 11:24 hs

    Gostaria de ser alguém, para fazer as seguintes perguntas ao Ministro:
    1) também serão cortados os privilégios dos representantes do legislativo?
    2) também serão cortados privilégios do judiciário?
    3) Deixará de existir o cartão que permite gastos sem transparência para Presidente e Ministros?
    4) Porque é o povo que quebra um país?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*