Entre Justus e Francischini, Bakri sinaliza apoio ao delegado | Fábio Campana

Entre Justus e Francischini, Bakri sinaliza apoio ao delegado

A Mesa Executiva da Assembleia Legislativa deu prazo até amanhã para que os partidos indiquem os líderes das bancadas e formação de blocos partidários. E até a próxima segunda-feira para que os líderes partidários indiquem os parlamentares que devem compor a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), mais importante da Casa, por onde passam todos os projetos em discussão. A instalação da CCJ será no próximo dia 12, quando deve ser eleito o comando da comissão, disputado pelos deputados Nelson Justus (DEM) e Fernando Francischini (PSL). Informações do Bem Paraná.

O governador Ratinho Júnior (PSD) reafirmou ontem que não pretende interferir na eleição para a presidência da CCJ. “Eu tenho mantido uma relação institucional”, disse, lembrando que seu partido, o PSD, não participou da composição da Mesa Executiva. O líder da bancada do governo na Casa, deputado Hussein Bakri (PSD), porém, já declarou voto em Francischini e deve ser seguido pela maioria dos parlamentares da base governista.


5 comentários

  1. terça-feira, 5 de fevereiro de 2019 – 13:33 hs

    Bah,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

  2. Valter
    terça-feira, 5 de fevereiro de 2019 – 15:44 hs

    O fato do lider do governo declarar apoio é a mesma coisa que Ratinho declarar.
    Até porque antes da eleição da presidencia da Assembleia Ratinho prometeu a CCJ ao Francischini e deixou caminho livre para o investigado Traiano.
    Quero ver como vai ficar a disputa prefeitura de Curitiba, com Francischini e Ney Leprevost no governo. Francischini com a caneta provavelmente derrubará Ney ou restringirá ao máximo sua secretária.
    Secretário cai, presidente de comissão não.

  3. terça-feira, 5 de fevereiro de 2019 – 15:57 hs

    Caramba, esse ladrão inJustus, ainda está lá, e foi reeleito? Com certeza urnas fraudadas, trocadas,,,etc..etc…

  4. johan
    terça-feira, 5 de fevereiro de 2019 – 19:08 hs

    Caro Fábio, será que os deputados do alto e do baixo clero da ALEP irão retirar o comando do Renan Justus do Paraná, da comissão CCJ. Vamos aguardar para crer. Atenciosamente.

  5. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI
    terça-feira, 5 de fevereiro de 2019 – 21:52 hs

    O jacaré engomado não deveria estar disputando nenhuma comissão. Deveria estar preso.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*