Embaixo d´água | Fábio Campana

Embaixo d´água

Quem disse um dia que as enchentes eram coisa do passado em Curitiba? Pois foi desmentido pela chuva de ontem que inundou vários pontos em toda a cidade. As fotos são suficientes.


4 comentários

  1. Rafael de Lala
    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019 – 18:34 hs

    O quadro caótico destas cenas, com a pesada chuva de mais de 100 mm, demonstra a evidência – que precisamos aceitar – dos efeitos da mudança climática que atinge o planeta.
    Por isso, entendendo que as consequencias afetam a todos, estamos trabalhando com várias lideranças e entidades, na estruturação de uma COALIZÃO PARANÁ AMBIENTALMENTE SUSTENTÁVEL.
    Recolhemos subsidios de outras instituições e regiões, de ativistas, empresários e da academia, para darmos nossa contribuição – visando reduzir os impactos dessa imponderável mudança, a maior ameaça cf.os estudiosos.
    Rafael de Lala,jornalista, da Associação Paranaense de Imprensa

  2. Clovis Barbosa
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 0:40 hs

    Quem anda pelo Alto da Xv vê a população njogandonlixo em todos os cantos. Os bares são cheios de copos plásticos no chão, sem falar nos quilos de bitucas de cigarro…..falta Educação e consciência ambiental…..

  3. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 8:33 hs

    Sabe aquela bituquinha de cigarro que você jogou na calçada, bem ao lado dum cesto de lixo? Pois é, ela se juntou a outros milhares de tocos, de embalagens de sonho de valsa, de garrafas pets, de invólucros de sanduíches, daquela graminha que alguém cortou no jardim e a descartou no bueiro. A união faz a força.

  4. Mestre Yoda
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 – 16:13 hs

    Que 10, estamos voltando no tempo, naquele em que o rio Ivo alagava todo o centro da cidade, mas isto era coisa dos anos 60. Passado mais de meio século e Curitiba continua a mesma, alagando como nos anos 60. Ou o povo não aprende ou a prefeitura não fez nada em meio século, ou ambas as coisas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*