Cidades do Paraná estão sem reposição do Mais Médicos | Fábio Campana

Cidades do Paraná estão sem reposição do Mais Médicos

Até ontem, último dia antes do fim do prazo da segunda etapa do edital que contrata profissionais, Boa Esperança do Iguaçu, Candói, Cantagalo, Cruzeiro do Iguaçu, General Carneiro, Inácio Martins, Laranjal, Prudentópolis, Santa Mariana, outras 21 cidades no Estado tinham vagas para repor no lugar dos profissionais cubanos que deixaram o programa Mais Médicos.
Em alguns lugares a situação é mais urgente, como por exemplo em Cruzeiro do Iguaçu, que está sem nenhum médico desde dezembro para atender a população de 5 mil habitantes.
Há contradição entre o que o Ministério da Saúde informa e o que as secretarias municipais relatam. O governo federal afirma que todas as vagas do programa foram preenchidas. As cidades queixam-se que ninguém apareceu para trabalhar.
Das 8.517 vagas do ex-programa 458 são para o Paraná.

(Foto: Google/Reprodução)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*