Cida visita modelo japonês de prevenção de desastres | Fábio Campana

Cida visita modelo japonês de prevenção de desastres

O governo japonês colocou à disposição do Estado do Paraná os métodos e modelos adotados em Kobe para minimizar os riscos de desastres naturais. A ex-governadora Cida Borghetti visitou nesta segunda-feira (11) o Centro de Redução dos Riscos de Desastres e Renovação Humana que reúne as principais informações de como Kobe reestruturou depois do terremoto que matou 6 mil pessoas, em 1995.
“O Japão tem uma das tecnologias mais avançadas do mundo para a reconstrução de cidades depois de desastres naturais. E o Centro de Redução de Riscos de Kobe apresenta opção que podemos adotar no Estado. Minha missão é transmitir o conhecimento que estou recebendo aqui a todos os paranaenses”, disse Cida.
O Paraná já tem parcerias consolidadas com o Japão para a área. No ano passado o Estado colocou em funcionamento o radar Banda X cedido pela empresa Japan Radio Company (JRC) através da parceria entre o Estado e a Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica). Cida Borghetti, enquanto governadora, recebeu dos representantes da Jica e da empresa o certificado oficial e a autorizou o início do funcionamento do equipamento.

MISSÃO INTERNACIONAL– Cida Borghetti está em missão internacional a convite do governo japonês. A agenda que começou na quarta-feira (6) segue até dia 14, com encontros com Ministros de Estado, dirigentes de multinacionais e embaixadores. Nesta terça-feira a ex-governadora reúne-se com o governador de Governador de Hyōgo Toshizo Ido e com o prefeito de Nishinomia, Toshiro Ishii.


Um comentário

  1. Genildo
    terça-feira, 12 de fevereiro de 2019 – 10:41 hs

    Não há tecnologia que reconstrua um Estado depois de politiqueiros…..né dona Cida!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*