Carli Filho escapa do regime fechado | Fábio Campana

Carli Filho escapa do regime fechado

A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná confirmou ontem a redução da pena do ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho.
A pena que havia sido estipulada em nove anos e quatro meses de prisão, passou para sete anos, quatro meses e 20 dias em regime semiaberto com uso de tornozeleira eletrônica. A diminuição já havia sido definida em dezembro, mas estava pendente de redação final.
O semiaberto é aquele regime em que a pessoa passa o dia fora e volta para cadeia à noite. Mas o Paraná não tem vagas disponíveis para o sistema, por isso, Carli usará tornozeleira eletrônica.

(Foto: Geraldo Bubniak/AGB)


3 comentários

  1. sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019 – 10:56 hs

    E SE FOSSE UM POBRE, UM NEGRO OU UMA PROSTITUTTA???KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!

  2. Luis Andre
    sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019 – 13:16 hs

    E daqui um mês nem tornozeleira mais usa e pronto acabou ….

  3. Valdi
    sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019 – 14:01 hs

    Olho por dente por dente….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*