Bakri garante a Anibelli que Sanepar não antecipará reajuste | Fábio Campana

Bakri garante a Anibelli que Sanepar não antecipará reajuste

O deputado Anibelli Neto, do MDB, conseguiu arrancar o compromisso do governo do Estado, na voz de seu líder na Assembleia Legislativa, deputado Hussein Bakri, do PSD, que a Sanepar não irá antecipar a cobrança do reajuste de 25,26%, previsto para os próximos oito anos.

O questionamento de Anibelli foi feito ao secretário da Fazenda, Renê Garcia Júnior, nesta quarta-feira, 27, durante a audiência pública, na Assembleia Legislativa, sobre o cumprimento das metas ficais do governo no último quadrimestre.

O secretário alegou que não tem ingerência sobre as decisões da Sanepar até porque – disse – a nova Lei das Estatais o proíbe. Foi o líder do governo quem respondeu, garantindo que, “embora seja mais vantajoso que fosse aplicado de uma vez só, esta não é uma decisão do governo”.

“Não vai ser feito. Não passou de um exercício de futurologia”, disse Bakri, referindo-se a afirmativa feita pelo presidente da Sanepar, Cláudio Stábile, em encontro recente promovido pela XP Investimentos, em Curitiba.


Um comentário

  1. johan
    quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019 – 15:44 hs

    Caro Fábio, esse tema de elevação das tarifas de água, foi muito discutida no ano de 2018, quando na época a taxa minima cobrada por 10,0 m3 era equivalente a R$45,00. Após grande discussão ficou definida e aprovada pela Sanepar e homologada pela Agepar, a redução da taxa mínima cobrada para 5,0m3 o equivalente a R$65,00. Para quem faz conta, na época, foi um disparate, porém governo é governo. Entendo que não é mais possível antecipar a elevação das tarifas. Tem que haver a contra-partida nos investimentos em ETA’s e ETE’s que lançam os efluentes nos rios paranaenses. Atenciosamente.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*