TSE analisa pedidos de criação de mais 75 novos partidos políticos | Fábio Campana

TSE analisa pedidos de criação de mais 75 novos partidos políticos

O Brasil tem 35 partidos que se aglomeram em siglas diversas e pouca diferença de ação e pensamento entre elas – a prova disso é como se associam durante eleições, juntam lé com cré e pronto, tá feito o acordo.
É muita coisa. E pode ter mais.
Há um movimento no TSE para criação de mais 75 partidos. Não quer dizer que vai acontecer, porque o Tribunal precisa analisar cada pedido, mas eles estão lá, tipo pãozinho antes de ir para o forno.
Tem de tudo na fila, desde o Partido Nacional Corinthiano até o Partido da Evolução Democrática.
Para que tudo isso? Para muita coisa: venda, aluguel, recursos do Fundo Partidário…

(Foto: EBC/Reprodução)


6 comentários

  1. Roberto
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 9:17 hs

    Temos que ter no máximo 10 partidos, e olha lá, senão menos. É muito custo para muitos caciques e poucos índios. E tudo com intuito de auto locupletação, nada mais. Então, se pretendemos nos tornarmos um País mais sério e fazermos política de verdade, isso não pode ocorrer mais. Temos inclusive que reduzir deputados e Senadores. Menos é mais. Teremos mais trabalho para todos, e menos tempo ocioso para viagens e safadezas. O resto é tergiversação para não fazer nada e ganharem muito!!!

  2. JM
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 9:24 hs

    Chega é uma berração, devemos ter apenas 2 partidos, situação e oposição. Vamos dar um basta nessa fanfarra politica.

  3. quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 10:35 hs

    Enquanto existir o absurdo do fundo partidário, o absurdo de três senadores por UF, o absurdo de vereadores que só criam nome de RUAS e indicam “pessoas” para ASSESSOR e ganhar TÍTULOS DE CIDADÃO, o absurdo de deputados federais e estaduais que só servem para criar MILICIAS e currais eleitorais vamos nós “cidadãos de bem” continuar criando mais partidos para repartir o pão e entrar na RODA…

  4. COMUNISTA VERDE AMARELO
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 11:16 hs

    Só tinha de ter 2 partidos: a favor e contra. Situação e oposição. Punto e basta

  5. quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 14:21 hs

    QUER VER COMO CERTOS MALANDROS DE PLANTÃO, IRIA SE LASCAR, SÓ ACABAR COM O FUNDO PARTIDÁRIO TCHÊ, DEIXARIA DE SUSTENTAR UMA LEGIÃO DE PICARETAS!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

  6. PIMENTA PURA
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 17:59 hs

    O governo Bolsonaro vai enfrentar um canhão voltado para o seu
    governo, porem faz parte. A criação de novos partidos é uma aber-
    ração tão grande que hoje entendemos que deveria ter apenas dois,
    situação e oposição. O fundo partidário precisa desaparecer !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*