STF dá 48 horas para juiz informar sobre assistência médica a João de Deus | Fábio Campana

STF dá 48 horas para juiz informar sobre assistência médica a João de Deus

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, deu nesta quinta-feira, 3, um prazo de 48 horas para que a Justiça de Goiás informe a Suprema Corte sobre as condições do Núcleo de Custódia, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia (GO), oferecer assistência e tratamento médico adequados ao médium João de Deus.

João de Deus teve que deixar o presídio e ser atendido às pressas após ter passado mal na última quarta-feira, 2. Exames de rotina feitos nos presos revelaram sangue na urina do médium.


Um comentário

  1. sexta-feira, 4 de janeiro de 2019 – 10:06 hs

    O detalhe é q muitas vezes o cordeiro é entregue aos leões..
    Por isso o sistema prisional deve passar sob a tutela integral do judiciário..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*