Rompimento da barragem, 200 desaparecidos em Brumadinho | Fábio Campana

Rompimento da barragem, 200 desaparecidos em Brumadinho

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais afirmou que cerca de 200 pessoas estão desaparecidas após o rompimento da barragem 1 da Mina Feijão, da mineradora Vale, em Brumadinho no início da tarde desta sexta-feira, 25.

Segundo a empresa, a área administrativa, onde estavam funcionários, foi atingida, assim como a comunidade da Vila Ferteco. No momento do rompimento da barragem Mina Feijão, o refeitório da Companhia Vale do Rio Doce estava servindo o almoço. A capacidade do salão era para 2 mil pessoas. Trabalham na unidade 613 trabalhadores, em 3 turnos, mais 28 pessoas terceirizados. O refeitório foi soterrado, mas não há ainda informações sobre quantas pessoas estavam no local, de acordo com a Defesa Civil.

A lama de rejeito atingiu o Rio Paraopeba, às 15h50 e agora começa a chegar ao centro do município, pelo leito do rio, que abastece 6 milhões de pessoas e é afluente do Rio São Francisco. Por enquanto, quatro pessoas foram socorridas e encaminhadas ao hospital.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*