Ratinho pai para Bolsonaro: 'deixem os empresários trabalhar' | Fábio Campana

Ratinho pai para Bolsonaro: ‘deixem os empresários trabalhar’

Ratinho, o pai, também foi a sensação na cerimônia de posse de Ratinho, o filho.
Com fotos, selfies, autógrafos, atendeu muita gente e pela imprensa mandou recado para Bolsonaro: “O Brasil tem que sair dessa história de que o Estado tem que cuidar de tudo. Tem que deixar o empresário trabalhar. Porque quem dá emprego não é o Estado; é o empresário”.

(Foto: SBT/Reprodução)

 


6 comentários

  1. quarta-feira, 2 de janeiro de 2019 – 9:42 hs

    EU FALO ISSO Á ANOS, POIS ESPERAM TUDO DO ESTADO .NÃO É POR AI….TEM QUE DIVIDIR RESPONSABILIDADES..TÁ CERTO;;;;;;;;;;;;;

  2. loise
    quarta-feira, 2 de janeiro de 2019 – 11:26 hs

    Acho que toda a sugestão deve ser analisada com boa vontade, o Ratão deve colocar no papel suas sugestões, publicá-las e depois protocoliza-las junto ao Governo. Dessa forma fica claro que ele não iria influenciar o Governo nos bastidores.

  3. Dosel Jr.
    quarta-feira, 2 de janeiro de 2019 – 13:36 hs

    De vagar meu nobre apresentador de televisão.Fique no seu lugar e deixe o presidente trabalhar, foram muitos anos com práticas lesivas. Todos que fazem parte do novo governo estão apoiados em muitos anos de formação e saberão o que fazer. Os que estava em Brasília se apresentavam como experts e alguns até se diziam doutores em economia e fizeram o que fizeram com o nosso país.

  4. Décio
    quarta-feira, 2 de janeiro de 2019 – 14:46 hs

    Manda esse vagabundo trabalhar.

  5. CLAUDIO
    quarta-feira, 2 de janeiro de 2019 – 17:19 hs

    TA CERTO RATINHO, O PRESIDENTE TEM QUE DEIXAR O EMPRESARIO TRABALHAR E O GOVERNADOR DO ESTADO TAMBEM TEM QUE REVER ALGUMAS COISAS.
    PRINCIPALMENTE ESSA ALIQUOTA DE DIFERENÇA DE ESTADO

    QUE FAÇAM UMA ALIQUOTA IGUAL PARA TODOS OS ESTADOS .

  6. João Oliveira
    quinta-feira, 3 de janeiro de 2019 – 11:55 hs

    Quem gerar empregos deve ter incentivos; já aqueles rentistas devem ter uma taxação justa.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*