Ratinho Jr exonera todos os cargos comissionados do Estado | Fábio Campana

Ratinho Jr exonera todos os cargos comissionados do Estado

O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou nesta quarta-feira (2) decreto que exonera todos os ocupantes de cargos comissionados do Poder Executivo. A decisão que já havia sido anunciada antes mesmo da posse é a primeira medida administrativa tomada pelo novo governo.

A ação visa atender o novo desenho da máquina pública, que conta agora com 15 secretarias ao invés das 28 que funcionavam anteriormente. Todas as contratações e reconduções serão adequadas ao modelo de gestão e definidas pelos novos secretários e dirigentes de órgãos públicos, de acordo com a orientação do governador de reduzir a máquina e privilegiar a eficiência.

Além dos comissionados, o decreto também exonera servidores públicos das funções gratificadas que ocupam e determina a dispensa dos ocupantes de cargos em comissão da Coordenação da Receita do Estado, membros das Diretorias Executivas da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Agência Paraná de Desenvolvimento, Paranacidade, Paranaeducação, Paranaprevidência, Paranaprojetos, Palcoparaná, Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Estado do Paraná (Funeas), Fundação Araucária, E-Paraná Comunicação e Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar). Permanecerão nos cargos apenas os atuais diretores das faculdades e universidades estaduais.

O texto determina, ainda, que todos os cargos em comissão e as funções gratificadas transferidas retornem aos órgãos de origem.

Atualmente, o Estado conta com 176.583 funcionários ativos. Deste total, 3.334 são comissionados.

O decreto já está em vigor.

NOMEAÇÕES – Para que cargos em comissão que foram liberados possam ser ocupados na sequência, o governo também editou decreto elencando os documentos que deverão ser apresentados pelos próximos nomeados. A lista inclui os documentos básicos de identificação e mais certidões fornecidas pela Justiça do Trabalho, Instituto de Identificação, Justiça Eleitoral, Justiça Federal, Polícia Federal e Secretaria da Fazenda, que podem ser emitidas pela internet.
Área de anexos


16 comentários

  1. José alonso
    quarta-feira, 2 de janeiro de 2019 – 19:48 hs

    Sr.governador,esqueceu Maringá? Não vi nenhum secretário nomeado em seu governo, tem de Campo Mourão, Cascavél, Mandaguaçu, menos da cidade que decidiu sua eleição, no dia que nosso prefeito decidiu te apoiar 76 prefeitos deixaram a Cida e foram para Ratinho, agora Maringá sem ninguem no governo do Paraná, nós que tinhamos a maioria dos secretario hoje benhum.

  2. ELEITOR PARANAENSE
    quarta-feira, 2 de janeiro de 2019 – 20:26 hs

    Que maravilha,por isso que votei nesse governador.Tem coragem e fará um grande governo.Parabens.

  3. Intruso
    quarta-feira, 2 de janeiro de 2019 – 21:28 hs

    O agente público tem q ser objetivo, sucinto e claro em suas manifestações. Decidir o q for da sua alçada, dizendo o porquê. Nunca pode deixar de observar os princípios da significância, relevância, celeridade, objetividade e razoabilidade (sem formalidades).

  4. Luis A
    quarta-feira, 2 de janeiro de 2019 – 22:36 hs

    Corretíssimo…

  5. Sisney
    quarta-feira, 2 de janeiro de 2019 – 22:42 hs

    Parabéns ao nosso Governador, Ratinho.
    A titulo de sugestão que reconvoque TODOS oa professores que estao fora de sala de aula (Cedidos, desempenhando outra função, diferente daquela que fora contratado.
    Lugar de professor é na sala de sala e nao nas salas e corredores de outros orgaos.

  6. Tiago
    quarta-feira, 2 de janeiro de 2019 – 23:37 hs

    Mandou embora comissionados para fazer concurso ou chamar outros comissionados? E os cabides cohapar IAP Ipem etc?

  7. CLOVIS PENA - E a estrutura ??
    quinta-feira, 3 de janeiro de 2019 – 3:53 hs

    Não há vento favorável para barco sem porto de destino.

    O governo federal já definiu primeiro escalão, equipes auxiliares, prioridades e estruturas setoriais.

    O novo governo de São Paulo idem.

    Acorda Paraná !!!

  8. quinta-feira, 3 de janeiro de 2019 – 9:16 hs

    O que Ratinho tem que levar em conta, que não são as Classes privilegiadas do conjunto do Funcionalismo, que farão a lição mais dura de casa, mas sim a grande massa do funcionalismo que irá carregar a política de atendimento ao público, ou seja, saúde, educação e segurança.
    E que , por sua vez, são esses mesmos funcionários que farão votos desde hoje para sua próxima reeleição.Se plantar corretamente hoje, certamente colherá os frutos da semeadura. Por outro lado, se abrir rusgas com o funcionalismo ativos e aposentados, terá seu nome publicado sistematicamente aos quatro cantos desse Estado. Não são Juízes, Promotores, Desembargadores, os abastados do Estado, que o elegerão…mas sim a massa operativa funcional calcada na ação profícua do Servidor Público…incluem-se aí, ativos e aposentados.A semeadura correta, pode leva-lo a Brasília num futuro próximo. Como Presidente.

  9. Antonio Geraldo demo
    quinta-feira, 3 de janeiro de 2019 – 9:17 hs

    Muitos comissionados estão em funções especiais, os que atendem o IML e IC , se forem exonerados, os cadáveres vão apodrecer no sol.
    Acho que a exoneração exige um critério melhor e técnico.

  10. Carlos
    quinta-feira, 3 de janeiro de 2019 – 10:02 hs

    Exonerou cargos da gestão anterior e isto não tem nada de extraordinário e agora vai nomear os dele,simples assim,mas pelo título da matéria já querem dar a entender que vai fazer uma revolução e um monte de gente aplaudindo uma coisa que acontece em todo final e início de gestão.Percebe-se claramente que este Governo Ratinho Jr será uma mãe para jornalistas e blogueiros e pelo tom das matérias é lógico que vão receber muito dinheiro de propaganda do Governo do Estado.

  11. eleitor de boa memoria
    quinta-feira, 3 de janeiro de 2019 – 14:29 hs

    Não consegui entender tantos elogios para um ato que é tradição a desde governo ALVARO DIAS.
    Hoje no Estado existem secretarias que só conseguem desempenhar suas funções gracas aos cargos comissionados que a muito tempo deixaram de ser cabide de emprego e passaram a ser questão de sobrevivência, porem poucos conseguem entender. existem muitos ocupantes de cargos comissionados que atendem recepção , estão em enfermarias, são médicos, motoristas, tem funcionários comissionados nas funções mais diversas , tudo isto porque a muitos anos não são feitos concursos públicos A noticia , gera mídia e o povo delira porem a realidade é outra.

  12. eleitor de boa memoria
    quinta-feira, 3 de janeiro de 2019 – 15:13 hs

    CARLOS , falou pouco porem com grande conteúdo e 100% certo

  13. Gilberto Magri
    quinta-feira, 3 de janeiro de 2019 – 16:06 hs

    Caro Alonso nós de Londrina também não temos nenhum secretario nomeado, se conforme.

  14. antonio carlos
    quinta-feira, 3 de janeiro de 2019 – 19:11 hs

    KKK o Ratinho começou com tudo, seguiu o conselho do papai e meteu todos os cuecas de seda na rua. Depois do desmonte vem a reconstrução, agora só gente que presta é que deve ser escalada para mandar e sem apadrinhados. Xoque de Jestão do tipo do Betinho Banana não mais.

  15. Marco Nascimento
    sexta-feira, 4 de janeiro de 2019 – 12:09 hs

    Exonera toda essa cambada ai !!!

  16. Marina
    sexta-feira, 30 de agosto de 2019 – 11:04 hs

    Fui izonerada .pois falaram que iam terceirizar todos ,Sò que achei injusto .Que outros que entraram .ficaram com salário maior. Pois trabalhava no Palacio a 8 anos de copeira. Sempre fui dedicada em tudo que fazia, e tem pessoas que ficaram além, de outro ,trabalho fora esta ocupando lugar de quem precisa realmente .Com o meu salário. Ajudava a pagar a casa de repouso de meu irmão .Fui pedir ajuda pra eles. A única coisa que me ofereceram era para p,para para trabalhar ,terceirizada ganhar um salário mínimo e trabalhar o dobro se quisesse..mas achei.injusto que não izoneraram .todas,as copeiras tem umas que continuam. Com cargo em comissão. È tem um de nossos chefe ,levou o irmão cunhado para trabalhar .tem um garçon e sua esposa que trabalha tambèm. Não foi izonerada achei uma injustiça sem fim .

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*