Quanto custou o horário eleitoral 'gratuito' | Fábio Campana

Quanto custou o horário eleitoral ‘gratuito’

Ninguém sabe o valor específico de isenção de imposto de cada canal de rádio e televisão em razão da sessão do espaço para a propaganda política. Mas, no total, há a estimativa de que o horário eleitoral ‘gratuito’ custou ao governo federal cerca de R$ 864,5 milhões em renúncia fiscal.
A lei que garante a isenção foi criada em 2000. E o Ministério da Fazenda compreende que divulgar dados específicos pode expor “situação econômica do sujeito passivo ou de terceiros e, portanto, está protegida por sigilo fiscal”.
A Controladoria-geral da União atendeu a um pedido de um cidadão que argumentou que os dados são públicos e que seria direito da população saber quanto cada emissora teve de isenção de imposto na brincadeira e determinou que isso seja revelado. O Ministério da Fazenda ignorou e o papo agora é que se a Pasta não fornecer os dados até o dia 13 de janeiro de 2019, servidores do órgão poderão ser punidos até com exoneração.


Um comentário

  1. JÁ ERA...
    sexta-feira, 4 de janeiro de 2019 – 15:46 hs

    O horário eleitoral dito “gratuito” nunca foi gratuito. Só foi para o
    bolso dos pilantras que receberam a grana toda enfiando porqueira
    para falar das mesmas coisas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*