PF pede mais 90 dias para fechar inquérito sobre facada | Fábio Campana

PF pede mais 90 dias para fechar inquérito sobre facada

Os advogados de Adélio Bispo, o autor da facada contra Bolsonaro no ano passado, continuam a afirmar que ele agiu sozinho e que o ataque foi apenas “fruto de uma mente atormentada e possivelmente desequilibrada” por conta de um suposto problema mental.
A Polícia Federal não se convenceu e pediu à Justiça Federal em Minas Gerais mais 90 dias para encerrar o inquérito. Em dezembro do ano passado, a PF cumpriu mandados de busca e apreensão em dois imóveis relacionados ao advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior, um dos integrantes da defesa de Adélio. Zanone diz que manterá sigilo profissional sobre o contratante.

(Foto: Google/Reprodução)


Um comentário

  1. Petrus
    quinta-feira, 17 de janeiro de 2019 – 12:28 hs

    Bah, que perca de tempo, PF!!

    Perguntem ao Zé do Brêu, ele já matou a xarada: Foi tudo coisa armada pelo Mossad, Santa Casa e Alberto Einstein, como a anuência, por óbvio, do Capitão e do suposto esfaqueador, o Grande Sushi-man, o Adélio Cardeal (já foi promovido pela Golobo)!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*