Paraná tem onze barragens com alto risco de romper | Fábio Campana

Paraná tem onze barragens com alto risco de romper

O relatório apresentado em novembro do ano passado pela Agência Nacional de Águas considera  dados oficiais de 2017. O documento aponta que no Paraná há 450 barragens (de diferentes finalidades, como acúmulo de água, de rejeitos de minérios ou industriais e para geração de energia), onze classificados como apresentando alto risco, 30 de médio risco e 63, baixo risco.
As barragens classificadas de alto risco no Paraná são:

Represa Canteri – Imbituva
Lago Favoretto – Manoel Ribas
Barragem Costa – São João do Ivaí
Represa Três Barras – São Sebastião da Amoreira
Eugenio Carneiro – Tibagi
Coronel Domingos Soares – Coronel Domingos Soares
Barragem São Bento – General Carneiro
Lago Paulo Gorski – Cascavel
Cristo Rei – Campo Mourão
Justus – Inácio Martins
Usina e Fábrica de Papelão Apucaraninha – Londrina

Fonte: Agência Nacional de Águas


4 comentários

  1. terça-feira, 29 de janeiro de 2019 – 9:27 hs

    VERDADE??????????????????????????????????????,KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

  2. Heloisa
    terça-feira, 29 de janeiro de 2019 – 13:02 hs

    São João do Ivaí não tem barragem gente isso e uma noticia falsa !

  3. Sapo Eletrico
    terça-feira, 29 de janeiro de 2019 – 14:12 hs

    Se for barragem de agua pouco dano causa.

    O SIMEPAR, sei lá, acho que nao tem efetivo para fazer a vistoria de tantas barragens.

  4. elias pereira
    terça-feira, 29 de janeiro de 2019 – 15:46 hs

    São loucos? Em Coronel Domingos Soares não existe barragem.
    Por favor, digam que inventou essa loucura.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*