Os limites das negociações estrangeiras | Fábio Campana

Os limites das negociações estrangeiras

No Fórum Econômico Mundial, em Davos, o deputado Eduardo Bolsonaro disse que não vê nenhum problema em negociar com países não alinhados necessariamente com os valores do governo Bolsonaro, como a China, mas que “há limites”. Como no caso da Venezuela. “Quem tiver dinheiro para comprar os produtos, obviamente que a gente vai vender. Isso está naquele limite. Não é fazer venda para a Venezuela , que é uma ditadura, e está tendo problemas sérios ali”, disse.

(Foto: Paola de Orte)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*