Mourão: 'Acho que Lula deve ir ao enterro do irmão' | Fábio Campana

Mourão: ‘Acho que Lula deve ir ao enterro do irmão’

BR18

O presidente em exercício, general Hamilton Mourão, disse que acredita que Lula deve ser liberado pela Justiça para comparecer ao velório de seu irmão Genival Inácio da Silva, o Vavá. “É uma questão humanitária”, disse. “Se a Justiça considerar ok, acho que ele deve ir”, completou. Os advogados do petista entraram com um pedido na Vara de Execuções penais que cuida do ex-presidente pedindo a liberação.


8 comentários

  1. juridico
    terça-feira, 29 de janeiro de 2019 – 22:30 hs

    Ah o lula vai sair matando … poupe… qq ladrão de galinha tem esse direito.

  2. Luiz Flávio
    terça-feira, 29 de janeiro de 2019 – 22:35 hs

    Leva o Santo do pau oco pra casa Mourao. Isso aí tem que apodrecer na cadeia. Ou vc também acha que ele deve ser solto?

  3. quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 9:01 hs

    ISSO É NORMAL DENTRO DO CARCERE, NÃO SEI PORQUE TANTO ESPANTO TCHÊ!!!

  4. Palpiteiro
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 10:00 hs

    Não há nada pior do que um general boca larga, diria Napoleão.

  5. QUESTIONADOR
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 10:29 hs

    -Mourão feche a boca para assuntos que fogem da sua alçada? Ok!
    -Quem decide é a Justiça na pessoa da competentíssima juíza Carolina Lebbos…
    -Este Mourão está começando a dar nos nervos!!!
    -Este General gosta de um holofote e microfone…se acha o supra-sumo!!!

  6. Veredicto
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 11:36 hs

    Ele que fique na dele, pois o presidente já está voltando e vai colocá-lo no lugar certo.Até lá, “em boca fechada não entra mosca” meu general.

  7. Veredicto
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 11:37 hs

    Ele que fique na dele, pois o presidente já está voltando e vai colocá-lo no lugar certo.Até lá, “em boca fechada não entra mosca”, viu meu general?.

  8. Juca
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 15:48 hs

    O bosta não estava nem aí para o cadáver do irmão. O que ele queria mesmo era discursar para militância transformando o velório e o enterro num ato político tal qual fez em abril do ano passado naquele sindicato do crime onde ficou homiziado tomando cachaça. Se a tal decisão que autorizou o dito cujo tivesse saído ontem ainda pela manhã nas mesmas condições, sem discurso para a militância, sem palanque e sem cachaça, o mesmo teria recusado. Lula é um crápula e não deixaria de sê-lo para ir ao velório e enterro de um irão. Veja-se o que fez nas exéquias de dona Marisa e na psudo missa no sindicato, quanto se apresentou visivelmente embriagado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*