Maduro rompe com Washington | Fábio Campana

Maduro rompe com Washington

O Globo

Em pronunciamento no Palácio de Miraflores, o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou o rompimento de relações diplomáticas com Washington. Mais cedo, o presidente americano, Donald Trump, reconheceu o presidente da Assembleia Nacional , Juan Guaidó, como presidente interino do país, e se referiu ao regime de Maduro como “ilegítimo”.

“Dou 72 horas para que toda a equipe diplomática americana abandone a Venezuela” — afirmou o presidente venezuelano. — “Aqui ninguém se rende, ninguém se entrega. Vamos rumo ao enfrentamento, ao combate, à vitória da paz, da vida, da democracia e do futuro”.

O presidente venezuelano acusou os Estados Unidos de tentarem promover a queda de seu governo.

“É um gravíssima insensatez da política extremista do governo de Donald Trump contra a Venezuela tentar dividir o país, tentar destruir suas instituições democráticas e tentar impor um governo por vias inconstitucionais”, disse.


2 comentários

  1. Rr
    quarta-feira, 23 de janeiro de 2019 – 21:11 hs

    Esse não vive até a páscoa.

  2. VISIONÁRIO
    quinta-feira, 24 de janeiro de 2019 – 10:28 hs

    A minha maior tristeza é ver o povo Venezuelano nas mãos deste
    louco e morrendo em massa. E o que é pior, tendo partidos como
    o PT apoiando maciçamente este maluco e tantos outros companhei-
    ros como Cuba.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*