Líder opositor se declara presidente interino da Venezuela e pede apoio dos militares | Fábio Campana

Líder opositor se declara presidente interino da Venezuela e pede apoio dos militares

Estadão

Juan Guaidó, chefe da Assembleia Nacional, o Parlamento venezuelano, controlado pela oposição, se declarou nesta sexta-feira, 11, presidente do país e pediu ajuda dos militares para derrubar o presidente Nicolás Maduro. O secretário-geral da OEA, Luis Almagro, um crítico de Maduro, chamou Guaidó de “presidente interino” da Venezuela no Twitter.

Imediatamente, Maduro fez um pronunciamento para mostrar que ainda tem o controle do governo. “Isso (a declaração de Guaidó) foi um show para desestabilizar o país”, disse o chavista. “De agora em diante, todos os dias eles vão montar um espetáculo. Se reúnem à noite para decidir qual será o show do dia seguinte.”


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*